Topo

Futebol


Grêmio busca inspiração e revê adversário que abriu atual era de títulos

Grêmio eliminou time paranaense da Copa do Brasil em 2016 (foto) e também em 2017 - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Grêmio eliminou time paranaense da Copa do Brasil em 2016 (foto) e também em 2017 Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

13/08/2019 04h00

Grêmio e Athletico vão se enfrentar pela terceira vez nas últimas quatro edições de Copa do Brasil. Adversário na semifinal da atual temporada, o clube paranaense ficou marcado como adversário que abriu a era de títulos. Para o grupo de jogadores e comissão técnica, os avanços diante da equipe de Curitiba sempre significaram injeção de ânimo de confiança.

Grêmio e Athletico se enfrentam nesta quarta-feira (14), às 21h30 (de Brasília), em Porto Alegre. O segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil acontece dia 4 de setembro.

"A gente tira de lição o que a gente ganhou. E temos em mente ganhar novamente. Temos adversários qualificados, que querem ser campeões também. É relembrar as conquistas, ver o que fizemos de bom para fazermos grandes jogos e ir em busca de títulos novamente", comentou Maicon, volante e capitão do Grêmio.

Em 2016, Renato Gaúcho assumiu o Grêmio em meio à campanha que terminou com o pentacampeonato da Copa do Brasil. No jogo de ida com o Athletico, ainda sob o comando de Roger Machado, o tricolor venceu por 1 a 0. Em Porto Alegre, a equipe gremista perdeu e a vaga foi decidida nos pênaltis. Marcelo Grohe brilhou, a classificação veio e o time embalou.

"É o mata-mata que ficou marcado para mim, pela situação do jogo. O que aconteceu nos pênaltis e por dali em diante ter uma arrancada de conquistas", frisou Maicon.

Em 2017, o Grêmio encarou o Athletico de novo e goleou por 4 a 0 em Porto Alegre. Em Curitiba, nova vitória por 3 a 2 e classificação. Mais do que a vaga, o avanço injetou confiança a um time que havia sido eliminado precocemente no Gauchão e terminou o ano com o título da Libertadores e vice do Mundial de Clubes.

Nesta quarta-feira, o Grêmio volta a campo contra o adversário paranaense também precisando de um bônus de autoestima. O rendimento da equipe titular tem melhorado, mas boa atuação e vantagem significativa podem aumentar o moral em meio à maratona de jogos.

Mais Futebol