Topo

Futebol


Grêmio faz apelo à torcida para não fazer foguetório em hotel do Athletico

FáBIO BARROS/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: FáBIO BARROS/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDO

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

13/08/2019 20h14

O Grêmio fez um apelo aos torcedores horas antes do jogo com Athletico, o primeiro da semifinal da Copa do Brasil. A ideia do clube gaúcho é evitar que o adversário seja alvo de foguetório em frente ao hotel, durante a madrugada. Incidente registrado às vésperas da partida com o Bahia, em Salvador, pelas quartas de final do torneio.

Grêmio e Athletico se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasíla), na Arena do Grêmio. O segundo jogo, em Curitiba, acontece em 4 de setembro.

"Estamos pedindo que a torcida do Grêmio não faça nenhuma situação de afronta, como tivemos lá na Bahia nas quartas de final da Copa do Brasil. Lá teve foguetório (em frente ao hotel do Grêmio na véspera do jogo com o Bahia), não atingiu muita coisa, mas ficou no folclore e não faz mais sentido para um espetáculo como esse. Que a torcida do Grêmio seja muito receptiva para que a gente seja bem recebido pelo Athletico Paranaense também", disse Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio.

O foguetório incomodou o Grêmio horas antes do jogo com o Bahia. Em campo, o time de Renato Gaúcho deu de ombros e venceu por 1 a 0. O resultado classificou a equipe.

A manifestação do clube gremista também faz parte de um pacote de ações que sustentam a boa relação com o Athletico. Após a classificação e sorteio do duelo, o Grêmio procurou os dirigentes paranaenses e começou a negociar a liberação de torcida visitante na Arena da Baixada. O acordo foi alcançado e rendeu cota de 2.500 entradas nos dois estádios.

O vencedor do duelo entre Grêmio e Athletico enfrenta o ganhador do cruzamento de Internacional e Cruzeiro na final da Copa do Brasil. No primeiro jogo, em Belo Horizonte, o time de Odair Hellmann venceu por 1 a 0.

Mais Futebol