Com o fim da temporada regular da NFL, dois times demitem treinadores

RADAR/LANCE

Rio de Janeiro (RJ)

Treinador que foi mal temporada da NFL já sabe: demissão iminente. E com o fim da temporada regular, neste domingo, dois deles já foram demitidos: Jim Tomsula, do San Francisco 49ers, e Mike Pettine, do Cleveland Browns. Além deles, Chip Kelly já havia sido dispensado pelo Philadelphia Eagles na semana passada.

Mike Pettine era nome certo na lista dos dispensados. O Cleveland Browns fez campanha pífia, com apenas 3 vitórias e 13 derrotas, culminando com a derrota em casa para o Pittsburgh - que levou o maior rival aos playoffs. Tanto que ainda no vestiário os dirigentes do Browns pulgaram tanto a saída do técnico como também a do gerente geral Ray Farmer.

Jim Tomsula se despediu do San Francisco 49ers com vitória sobre o Saint Louis Rams  (19 a 16 na prorrogação), mas isso não conseguiu apagar a enorme decepção com a campanha 5v 11d da equipe, penúltima colocada na NFC. As muitas lesões e a temporada ruim dos quarterbacks Blaine Gabbert  e Colin Kaepernick  comprometeram o trabalho de Tomsula, que já tinha a enorme pressão de substituir Jim Harbaugh (de quem ele era o coordenador defensivo) e é considerado o melhor treinador da equipe neste século.

Agora fica a expectativa sobre o futuro de outros oito treinadores que não conseguiram bons resultados. A imprensa americana faz a seguinte especulação:

Tom Coughlin, New York Giants - Está há 12 anos no Giants tem campanha de 102 vitórias e 90 derrotas e levou o time ao triunfo em dois superbowls. Mas, com 69 anos diz que está um pouco cansado. O fato de não levar o time aos playoffs desde 2011 e ter uma campanha 6v10d nesta temporada, além de seu salário altíssimo que praticamente garante ao Giants ir ao mercado e contratar quem quiser para o cargo, deve por fim a este casamento.

Dan Campbell, Miami Dolphins - Um dos treinadores com menor experiência da NFL e que assumiu o time no fogo, entrando como interino no meio da temporada. Conseguiu uma impressionante vitõria na últia rodada diante do New England Patriots e nos seus jogos como comandante acumulou 5v e 7d. Não foi ruim, mas o Miami provavelmente vai querer um treinador experiente para 2016.

Mike Mularkey, Tennessee Titans - Outro interino que assumiu no fogo no lugar de Ken Whisenhunt. com 2 vitõrias e 7 derrotas, teve números piores do que Campbell no Miami, mas isso tem muito a ver com a qualidade muito ruim do Titans nesta temporada. Nunca deixou de ser considerado um interino e toda a imprensa considera que ainda nesta semana o Titans pulgue quem será o novo treinador.

Chuck Pagano, Indianápolis Colts - Sua quarta temporada no Colts foi muito fraca. Tinha time para ir muito além da campanha 8v8d numa pisão fraquíssima. A seu favor estão os nímeros. Em quatro anos ele acumulou 41 vitõrias e 23 derrotas. Números ainda ótimos.

Mike McCoy, San Diego Chargers - Terminou o ano com o seu time fazendo uma participação pífia: 4v e 12d, a pior desde 2013 e que dinamitou seus bons números dos dois primeiros anos.

 Sean Payton, New Orleans Saints - Uma das incognitas. Como ocorre com Coughlin no Giants, Payton é um treinador renomado e vencedor. Está no Saints há nove anos e seus números são os melhores da franquia: 87 vitórias e 57 derrotas, cinco idas aos playoffs e o único título de Superbowl da franquia. Mas há sinais de que este casamento está no fim.

 Jim Caldwell, Detroit Lions - Estava com a corda no pescoço no meio da temporada, quando o time estava com 1v e 7d. Sua campanha na temporada anterior, entretando, deu uma sobrvida e, na reta final da temporada regular, o Detroit Lions se revuperou e terminou com uma campanha no vermelho, mas digna: 7 vitõrias e 9 derrotas. Da lista, é um dos técnicos com mais chances de sobrevivência.

 Jeff Fisher, Saint Louis Rams - Na sua quarta temporada na equipe, esperava levar o Rams ao playoff pela primeira vez. Mas a campanha 7-9 deixou o time longe da classificação. Seus números (27 vitórias, 36 derrotas e 1 empate) são bem ruins. Mas aqui há um ponto a favor: jogadores e diretoria gostam do trabalho de Fisher e ele tem chances de ter o contrato renovado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos