Bauza promete treinos 'intensos' no São Paulo na próxima semana

Edgardo Bauza falou pela primeira vez após iniciar os trabalhos como técnico do São Paulo no CT da Barra Funda. Em entrevista ao site oficial do clube, o treinador argentino disse ainda estar conhecendo os jogadores do elenco tricolor aos poucos e prometeu aumentar a intensidade dos treinamentos da pré-temporada a partir da próxima semana. 

- Encontramos uma boa resposta dos atletas neste primeiro dia de treino. O trabalho foi bom, leve, mas nos próximos dias será mais duro e intenso. Já definimos uma programação, e agora vamos trabalhar para chegar bem na estreia, porque é isso que devemos fazer. Queremos aproveitar este período de treinos para conhecer melhor os jogadores e condicioná-los para os campeonatos que teremos pela frente - destacou.

O São Paulo estreia na temporada em 30 de janeiro, às 19h30, quando encara o Red Bull Brasil, em Campinas, pela abertura do Campeonato Paulista. Já no dia 3 de fevereiro, o compromisso será na fase preliminar da Copa Libertadores da América, diante do Cesar Vallejo (PER). O jogo está marcado para as 21h45 (de Brasília), na cidade de Trujillo. A chance de disputar mais uma Libertadores, torneio que já faturou duas vezes na carreira, anima Bauza.

- O primeiro contato com os atletas tem sido realmente muito bom. Já pude conhecê-los melhor e aprender um pouco mais sobre cada um. Além disso, também tive a oportunidade de conversar com os outros membros da comissão técnica, que me ajudaram bastante. A diretoria do clube nos abriu as portas, e estamos contentes e motivados para fazer um grande trabalho e conquistar títulos, porque é isso que todos nós queremos - projetou.

Mais cedo, nesta quinta-feira, Bauza foi bastante elogiado por um dos líderes do atual elenco são-paulino. O zagueiro Rodrigo Caio, em entrevista coletiva, afirmou ter procurado jogos dos times do argentino para entender seu estilo de jogo e está confiante para a temporada que começa agora.

- Ele vai acrescentar muito, é um treinador campeão e que vai montar um elenco competitivo para que a gente colha frutos. O técnico vai trabalhar a recomposição mais rápida, marcação pressão, que aí a qualidade prevalece. Se todos correrem, o time cresce. Já fui atrás de ver os times dele jogando. Times que marcam forte e têm saída de boa muito boa. Acredito que será feito, mas precisamos mudar nossa postura. Não temos muita marcação e precisamos disso para competir melhor com as outras equipes - ressaltou o beque.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos