Com elenco reduzido, Baptista planeja atenção total aos atletas

Um grupo suficiente para brigar por títulos e manter a atenção do treinador. É dessa forma que Eduardo Baptista avalia o Fluminense versão 2016. Para a nova temporada, a base foi mantida e chegaram nomes importantes, como o meia Diego Souza e o zagueiro Henrique, sem, entretanto, inchar o elenco.

- Conseguimos qualificar o grupo com a vinda de alguns reforços e com o grupo que ficou do ano passado. A gente tem um time para começar o ano bem e jogar a Florida Cup, o Carioca e a Liga Sul-Minas-Rio. Vamos observar. Acredito que teremos uma equipe muito forte com elenco reduzido. Nós vamos trabalhar com 28 jogadores de linha e quatro goleiros. É um elenco para você dar atenção para todo mundo e otimizar os trabalhos - disse Baptista, ao site oficial do clube.

No primeiro treino em terras norte-americanas, nesta quarta-feira, o técnico preferiu realizar uma atividade de troca de passes. A escolha por um trabalho com bola ao invés dos tradicionais execícios físicos visa o bem-estar dos atletas.

- Se você conseguir converter o treino com bola para treino físico, fica tudo muito mais fácil. Há alguns anos venho trabalhando neste sentido de tirar aquele treino físico de corrida e salto, onde há desgaste, mais dor muscular e um risco maior de lesões. A gente começa numa intensidade mais baixa, mas já com bola, um trabalho específico para o jogador se adaptar nos primeiros momentos. Este é um fator motivante para o jogador, que se sente bem, e tudo que a gente precisa neste momento é que ele se sinta bem - explicou.

O Tricolor estreia na Florida Cup no dia 17 de janeiro, quando enfrenta o Shakhtar Donetsk (UCR), em Orlando. Três dias depois, em Fort Lauderdale, mede forças com o Internacional.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos