Ainda sem reunião em 2016, Gustavo Henrique crê em renovação no Peixe

O Santos renovou contratos de persos jogadores no ano passado, como Zeca, Daniel Guedes, Lucas Otávio, David Braz e Victor Ferraz, mas um dos alvos para ampliar o vínculo com o clube ainda não entrou em acordo. Aos 22 anos, o zagueiro Gustavo Henrique rejeitou duas ofertas da diretoria do Peixe, que interrompeu as conversas no fim do ano passado e ainda prepara uma nova investida. Apesar da negociação estar parada no momento, sem qualquer reunião em 2016, o próprio camisa 6 confia na renovação.

- Nós tivemos uma reunião ano passado e estamos chegando em um acordo, falta pouco e vamos conversar este ano. Meu desejo, sem dúvidas, é ficar. Tenho um carinho enorme pelo clube, pois me deu a oportunidade para o futebol. Espero sim, ficar aqui por muitos anos - explicou o garoto, que começou o ano passado como reserva, mas recuperou a condição de titular após a chegada de Dorival Júnior, no meio do ano.

Gustavo Henrique está no elenco profissional do Santos desde 2012, mas o primeiro ano foi de treinamentos no time principal e jogos nas categorias de base. Em 2013, campeão da Copa São Paulo de Juniores, ele subiu de vez e roubou a posição de Durval entre os titulares do Peixe, jogando ao lado de Edu Dracena. Na temporada seguinte, uma grave lesão o fez perder um ano de amadurecimento no time profissional e inclusive o espaço no time. Tanto que 2015 foi ano de sair do banco e conquistar a confiança de Dorival para desbancar mais um experiente do time titular, desta vez Werley.

Titular absoluto dos últimos meses do ano, Gustavo Henrique inicia 2016 como único jogador incontestável da defesa. David Braz, seu parceiro ideal na concepção de Dorival, está se recuperando de uma lesão na coxa esquerda e só deve voltar na reta final do Campeonato Paulista. Enquanto o Peixe busca reforços, Gustavo Henrique pide responsabilidades com Paulo Ricardo e Jubal, os únicos jogadores do setor no atual elenco, e confia em uma boa temporada.

- A expectativa é muito boa. Sabemos que 2015 foi um ano bom, mas que poderia ter sido melhor. Agora é bola para frente e estou muito focado, para ajudar o Santos na busca por títulos. Acredito que em 2016 temos tudo para chegar nas finais e temos elenco para isso - disse o camisa 6.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos