Nova Iguaçu acerta retorno de maior artilheiro da história do clube

Um dos principais jogadores da história do Nova Iguaçu vai reforçar o clube na disputa da Série B do Campeonato Carioca. Após passar por persos times, o volante Marquinhos acertou esta semana seu retorno à Laranja da Baixada. Ele é o terceiro reforço apresentado, depois do atacante Schwenck, ex-Botafogo e Cruzeiro, e do lateral-direito Dudu, ex-Tigres.

Marquinhos coleciona feitos com a camisa do Nova Iguaçu. Ele chegou ao clube com apenas oito anos de idade, em 1994, e ficou ao todo 17 temporadas, até 2011. Foi campeão da Série B do Carioca em 2005, quando o Nova Iguaçu subiu pela primeira vez, e da Copa Rio de 2008, quando a equipe também era dirigida pelo técnico Edson Souza. Na ocasião, marcou dois gols na final contra o Americano, em Campos.

- É um prazer imenso voltar ao Nova Iguaçu, clube que me revelou para o cenário do futebol. O Jânio (Moraes, presidente) já havia conversado comigo há quatro meses. Estou voltando porque gosto do clube, tinha outras opções, mas minha família gosta muito daqui, nasci aqui, então não vejo melhor momento para voltar e ajudar o clube a retornar para a Primeira Divisão - afirmou Marquinhos, que tem muitos amigos no clube e mora na cidade.

Hoje com 30 anos recém-completados, Marquinhos é o maior artilheiro da história do Nova Iguaçu, com 32 gols, apesar de ser volante. Ele foi também o primeiro jogador do clube a atingir a marca de 100 jogos, no jogo contra o Flamengo pelo Campeonato Carioca de 2011, que marcou a estreia de Ronaldinho Gaúcho pelo Rubro-Negro. E foi o autor do primeiro gol do Estádio Laranjão, em 2008.

- Fazer gol deixa aí para o Schwenck, que é o homem-gol. Esses 32 gols são porque tenho 17 anos de clube, então ajuda um pouquinho (risos). Jogo como segundo-volante, mas no futebol dinâmico de hoje o volante também chega para finalizar, cobro faltas, pênaltis... O Schwenck tem a missão de fazer o gol, mas se pintar a chance posso aproveitar e concluir - disse.

Entre indas e vindas, Marquinhos jogou por clubes como Sampaio Corrêa (MA), Ceará, América-RN, Itumbiara (GO) e passou também pelo futebol da Romênia e da Indonésia. Seu último clube foi o Ituano, onde disputou a Copa do Brasil e a Copa Paulista. O jogador contou que teve outras propostas, mas que acredita na força do elenco para recolocar o Nova Iguaçu na elite.

- Não adianta você gostar do clube, ter o carinho, mas ver que não está contratando certo, não ter um projeto. Hoje você vê as contratações que o Nova Iguaçu fez e isso ajuda. A missão de subir é de todos nós, não só dos jogadores, mas da comissão técnica, dos funcionários, da torcida. Temos que pôr o Nova Iguaçu na Primeira Divisão, é um clube que tem uma das melhores estruturas do Brasil sem dúvida. O lugar do Nova Iguaçu é no mínimo na Primeira Divisão do Estadual, mas temos que almejar coisas maiores também, pensar na Copa Rio e buscar uma vaga no Brasileiro - projetou.

FICHA TÉCNICA

Nome completo: Marcus Vinicius dos Santos Correa

Nascimento: 6/1/1986, no Rio de Janeiro (RJ)

Altura e peso: 1,80m / 78kg

Clubes: Nova Iguaçu, Mesquita, Bangu, Gloria Bistrita (ROM), Macaé, Porto Alegre (RS), Americano, Sampaio Corrêa-MA, Itumbiara, Guarany de Sobral (CE), Ceará, Persijap Jepara (IND), América-RN, Passo Fundo e Ituano

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos