Mesmo após desistência, Cruzeiro segue na briga para fechar com Jean

 

No início da semana, o presidente do Cruzeiro afirmou que tinha desistido da contratação do meia Jean, do Fluminense. Mas a vontade dos mineiros em contar com o volante ainda é grande nos bastidores do clube celeste, mesmo com os altos valores de salário e multa rescisória do jogador.

 

Para alguns dirigentes do Cruzeiro, o nome do jogador que ainda pertence ao Tricolor seria importante para a dar ainda mais qualidade ao meio de campo da equipe do técnico Deivid.

 

- Sobre o Jean eu posso falar, porque o acerto dele estava bem adiantado com o Cruzeiro, mas o Fluminense decidiu não liberar o jogador mais. Ele já esteve também quase acertado com o Palmeiras, o Palmeiras tinha feito o convite. Com o Cruzeiro já estava acertando, mas o Fluminense decidiu não liberá-lo mais, então não temos de dar mais esperanças sobre o Jean - declarou Gilvan de Pinho Tavares na última segunda-feira.

 

No Fluminense, Jean recebe cerca de R$ 400 mil por mês e tem contrato até dezembro de 2017 com o clube das Laranjeiras. Para deixar o Tricolor, o jogador teria que chegar a um acordo com a diretoria ou através do pagamento da multa rescisória, que gira em torno de 2 milhões de dólares (cerca de R$ 7,76 milhões). O Fluminense, por sua vez, pensa em negociar o jogador por empréstimo, já que 75% dos direitos de Jean pertencem à Unimed, outros 15% pertencem ao próprio atleta, sobrando apenas 10% para o Flu.

A real definição de qual será o destino do jogador ainda deve demorar para ser sacramentada. A tendência, portanto, é a de que ele não deve maia atuar pelo Fluminense, principalmente por conta do alto salário que recebe. Isso porque, com as chegadas do meia Diego Souza, e do zagueiro Henrique, a folha salarial do futebol ficará ainda mais pesada nesta temporada.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos