Emocionado, Vitor Belfort recorda 12 anos de desaparecimento de irmã

Vitor Belfort nunca deixa passar alguma data que relembre sua irmã, Priscila, que está desaparecida desde 2004. No último sábado completou 12 anos do seu desaparecimento e o lutador do UFC fez questão de prestar uma homenagem. Através das redes sociais, o Fenômeno fez mais uma declaração emocionada de amor a ela.

Especula-se que Priscila teria sofrido um sequestro relâmpago no Centro, onde trabalhava, e depois assassinada no Morro da Providência, por dívidas com o tráfico. No entanto, seu corpo nunca foi encontrado.

Confira o depoimento abaixo:

- Dois dias atrás fizeram 12 anos que minha irmã desapareceu. Não consigo imaginar a dor da minha mãe e de meu pai pois não existe nome para quando os pais perdem seus filhos e pior do que perder um filho e ter um filho desaparecido pois é um enterro a cada dia. Venho aqui expressar a dor de um irmão: eu, além de perder minha irmã, de uma certa forma perdi parte de meus pais. Pois não é natural perder um filho ou uma filha.

Eu acredito que quando um pai e uma mãe perdem um filho parte deles também morre. Eu peço a Deus que possa ressuscitar a parte que se foi dentro de meus pais e aproveito a oportunidade para intervir para outros pais que têm seus filhos desaparecidos também.

Que eles possam ressuscitar e representar seus queridos filhos que continuam a viver através de nosso Pai celestial e dos pais terrenos. Afinal de contas, as almas boas são eternas!!!

Pri, você é ETERNA!!! Pois com eternas lágrimas de um irmão com um amor Eterno - escreveu o ex-campeão do Ultimate.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos