Elkeson enaltece futebol chinês e diz que chegada de brasileiros vai ajudar o desenvolvimento do esporte no país

Desde 2013 fora do Brasil, Elkeson é mais um dos brasileiros atuando no futebol chinês. O jogador inicia sua quarta temporada com o Guangzhou Evergrande, clube pelo qual já levantou cinco títulos. Feliz com as conquistas, ele conta como convenceu a torcida.

- É legal, você tem um reconhecimento muito grande no país, eu lembro quando eu cheguei lá (China) pouca gente me conhecia, então o que eu conquistei foi dentro de campo, fazendo o meu melhor, fui conquistando os torcedores, a diretoria - disse o ex-atleta do Botafogo em entrevista concedida ao Seleção SporTV, na tarde desta quinta-feira.

Em meio a tantas propostas e especulações envolvendo transferências de brasileiros para a China, o meia se mostra entusiasmado para receber os amigos compatriotas e explica que os chineses acompanham de perto o futebol jogado em terras tupiniquim.

- A maioria dos jogadores que são contratados lá, eles são brasileiros. Eles (chineses) acompanham muito o futebol brasileiro. As equipes estão se reforçando muito e é tão legal ver tantos brasileiros indo para o futebol chinês, isso vai ajudar ainda mais a desenvolver o futebol no país - apontou Elkeson, que  também explicou sua escolha pelo futebol chinês. O jogador garante não ter sido apenas impulsionado pela questão financeira.

- No meu caso, eu lembro muito bem, eu queria uma oportunidade de jogar fora do país, eu queria sair do país, eu tinha o sonho de jogar na Europa e como surgiu a oportunidade com o "mister Lipe", isso me motivou muito, porque eu nem sabia que ele acompanhava meu futebol, então você como jogador, vê que o treinador desse nível está acompanhando você, quer contar com você no seu elenco, isso me motivou muito - contou.

Comandado por Luiz Felipe Scolari, a quem chama de "Mister Lipe",  o atleta revelou que não conhecia muito do país quando aceitou a proposta em 2013.

- Quando fui para a china eu não sabia muito bem. Toda pergunta de brasileiro, como é a cidade, o que que você come, eu não sabia muito bem e e quando eu cheguei lá, eu me surpreendi. Hoje eu moro na terceira maior cidade do país, a estrutura é muito boa, a cidade te oferece tudo, você não tem preocupação com nada, principalmente com a família - comentou o jogador, que ainda garantiu que o futebol chinês também é competitivo.

- O brasileiro pensa que todos os jogos lá são fáceis. Pelo contrário, lá você encontra sim dificuldade, esse ano a gente foi campeão na última rodada, com diferença de dois pontos para a equipe do Shanghai, que é a equipe que hoje está o Conga, o Mister Erikson, que foi treinador da seleção inglesa, então o nível do futebol está bastante alto e a tendência é evoluir - concluiu Elkeson.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos