Alvo de chineses, Geuvânio não vai a campo em treino do Santos

O treino do Santos desta sexta-feira, na parte da tarde, aberto à imprensa, teve uma baixa importante no gramado: o atacante Geuvânio, que negocia com o Tianjin Quanjian, da China, ficou na academia para fazer fortalecimento muscular, segundo o próprio clube. Pela manhã, ele participou do treinamento com bola.

Vale lembrar que o camisa 11 do Peixe teve uma lesão de grau 2 na coxa direita no final do ano passado e acabou até perdendo lugar no time.

O jogador gostou da proposta da equipe chinesa comandada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, que lhe ofereceu cerca de R$ 1 milhão mensais. O fundo de investimento maltês Doyen Sports, que detém 35% de seus direitos econômicos também aceitou a proposta, porém, o próprio Santos, que tem o mesmo percentual, não concordou com os 11 milhões de euros (quase R$ 47 milhões). Desta forma, o clube ficaria com R$ 17 milhões.

Na última quinta-feira, o Tianjin Quanjian subiu a oferta de 8 milhões de euros para 11 milhões de euros. O técnico Vanderlei Luxemburgo tenta a contratação do atacante santista após fracassar nas tratativas com Alexandre Pato, do Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos