Wendell Lira crê que lidará com pressão após prêmio, e diz que foco é o Vila Nova

O retorno de Wendell Lira aos gramados após a conquista do Prêmio Puskas promete ser cercado de responsabilidade e de uma alta dose de emoção. Além de o mundo voltar as atenções para sua estreia com a camisa do Vila Nova, o atacante enfrentará justamente o Goiás, clube no qual deu seus primeiros passos no futebol. Ao LANCE!, ele admite que lidará com a pressão, mas alerta:

- Acho que vai ter pressão sim. Mas, dentro de campo, vamos ver. Vou lutar muito e fazer o melhor possível para dar a vitória para o Vila Nova.

Além da lembrança do Esmeraldino, o jogador de 27 anos voltará ao palco no qual marcou o gol que rendeu seu Prêmio Puskas, ainda quando defendia o Goianésia, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-GO. Wendell Lira fala sobre sobre seu "reencontro" com o Serra Dourada, no clássico goiano marcado para o dia 31 de janeiro:

- Fico muito feliz. Já tive oportunidade de ir lá muitas vezes, como torcedor e como jogador, e é sempre bom jogar nesse estádio.

O atacante, que mais uma vez defenderá um clube em Goiás, traçou um panorama do futebol goiano. E disse que espera contribuir, através de seu feito, para pulgar o estado no qual nasceu:

- Espero que possa ajudar de alguma forma. O Campeonato Goiano é sempre bom, competitivo, tem boas equipes.

Ao falar das lembranças de seu início no Goiás, o jogador de 27 anos contou sobre a ligação com o zagueiro Rafael Tolói, que atualmente está na Atalanta, e o lateral-direito Douglas, que defende o Barcelona:

-  O Tolói é meu amigo, mas com ele, tenho um pouco menos de contato. A rotina dele na Itália é intensa, e a minha também. Com Douglas eu falo mais.

Questionado se tem o sonho de partir rumo ao Velho Continente, Wendell Lira não titubeou:

- Ah, é o meu sonho. Fazer um campeonato bom, ir para fora, e conseguir ajudar a minha família.

No entanto, o atacante mostra cautela, especialmente ao perguntar se, em meio à série de telefonemas que recebeu após a conquista do Prêmio Puskas, algum clube o procurou:

-  Quem resolve isso é o meu empresário. Estou mais focado agora no meu trabalho no Vila Nova, nos meus treinos e em ajudar o clube a conquistar títulos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos