Para Luis Ricardo, polivalência é diferencial na luta por vaga no time

A disputa na lateral direita do Botafogo promete ser intensa. Luis Ricardo, de 31 anos, é o nome mais experiente, Diego, 19, também tem a confiança de Ricardo Gomes e Marcinho, mesma idade, corre por fora. Mas Luis Ricardo, que esteve no ano passado e fez esforço para permanecer, entende que a versatilidade pode lhe ajudar a permanecer entre os titulares, mesmo fora posição de origem.

- No Carioca passado, eu já dizia que, onde precisasse jogar, estaria disponível. Joguei de lateral esquerdo, volante e até mais adiantado no meio-campo. Isso é bom para o jogador. O treinador não precisa te tirar se quiser mexer na equipe. Pode te usar em outra função. Fico feliz por ter essa confiança. Minha posição de origem é a lateral direita, mas faço outra, se preciso - garante.

Mas a briga pela titularidade está longe de comprometer o relacionamento dos postulantes. Tanto que Diego torcia pela permanência de Luis Ricardo. Marcinho subiu para o time profissional este ano e ainda está se enturmando.

- Tenho mais contato com o Diego. Com o Marcinho, ainda não. Mas vamos disputar posição. Vai jogar quem estiver melhor. Vamos brigar para, na hora da competição, quem tiver que jogar, esteja bem - explica Luis Ricardo.

Essa semana será decisiva, mas a polivalência pode contar a favor de quem, em tese, é a terceira opção. Como já foi meia, Marcinho vem treinando junto aos atacantes, enquanto reforços para o setor não chegam.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos