Ex-técnico do Chelsea defende Mourinho e critica bilionário dono do clube

  • AFP PHOTO/ IAN KINGTON

    André Villas-Boas trabalhou como auxiliar de José Mourinho no Chelsea

    André Villas-Boas trabalhou como auxiliar de José Mourinho no Chelsea

André Villas-Boas já sentiu na pele o que aconteceu recentemente com José Mourinho, demitido do Chelsea. No caso do compatriota, nem a idolatria foi capaz de salvá-lo. Nesta terça-feira (19), o atual técnico do Zenit saiu em defesa do "Special One" e criticou o dono do clube londrino, Roman Abramovich.

"É incrível. Abramovich fez isso com todos os treinadores. Ele aplicou o mesmo critério comigo, com Rafa Benítez, com Ancelotti, com Mourinho e com outros. Desta vez, mandou embora o técnico mais querido da torcida", disse o português ao canal "BelN Sports".

No Chelsea, Villas-Boas teve vida curta. Ele assumiu o time londrino em junho de 2011 e o deixou para o italiano Roberto Di Matteo em março do ano seguinte.

O atual treinador do Zenit também foi funcionário dos Blues, de 2004 a 2008, com outra função. Nesta época, o comandante de apenas 39 anos trabalhou na primeira passagem de José Mourinho por Stamford Bridge, como auxiliar-técnico.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos