Caixa sela patrocínio com Atlético-MG e Cruzeiro

A Caixa Econômica Federal será a patrocinadora máster dos maiores rivais de Minas Gerais. Em publicação pulgada nesta terça-feira no Diário Oficial, o banco estatal sacramentou o acordo com Atlético-MG e Cruzeiro, que receberão R$ 12,5 milhões por ano pelo patrocínio.

Ambos os clubes negociavam com a Caixa desde o ano passado. Nos primeiros dias de 2016, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, disse que o acordo estava sacramentado, mas em valores superiores aos oficializados. O Atlético-MG também mostrava-se otimista com o acordo.

O acordo com o banco estatal não significará a perda dos atuais patrocínios másters para os respectivos clubes. A MRV Engenharia, com contrato com o Galo, e a empresta Supermercados BH, com vínculo com o Cruzeiro, mudarão de lugar.

De acordo com a "Máquina do Esporte", o acerto com a Caixa fez o Atlético-MG romper com a Cemil, que ocupava as omoplatas. O local será reservado ao banco estatal, a pedido do novo patrocínio máster.  

Outro clube mineiro que estava em negociações com a Caixa, o América-MG já utiliza um tom pessimista quanto a um acordo. Alencar da Silveira Júnior, um dos presidentes do Coelho, alerta:

- Não sei se iremos fechar com a Caixa. Se acontecer, só se for para pagar bem. Se vierem com 'migalhas', não aceitaremos, só agradeceremos a oportunidade.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos