Opinião: Neymar, cada vez mais craque

A tão temida presença de Neymar en 'la Catedral', a casa do Bilbao, terminou com o abraço do craque com Aduriz. Os números dizem que Neymar recebeu en San Mamés seis faltas e outras três que o árbitro González González não marcou. São números que indicam que el '11' esteve comedido no ataque porque se focou também em outras tarefas como a de ampliar seu espaço em campo, auxiliando seus companheiros de zona de criação. Deu três pequenos lençõis que na realidade foram apenas ações de jogo, sem o menor toque de humor.

No fim do jogo, Busquets denunciou que o árbitro faltou com o respeito com ele e também com Iniesta, que actuou como capitão, se queixou de um cartão amarelo por indicar que Iturraspe havia lançado um codo a Munir. Isso, em um contexto de 24 faltas cometidas pelo Bilbao (oito não assinaladas) e 15 do Barça. Neymar, irônico, se limitou a dizer que o trabalho do juiz lhe pareceu normal.

A evolução de de Neymar cresce sem parar. A cada dia se torna um jogador de futebol mais completo, inteligente e solidário, com a eletrizante criatividade brasileira. Seus números mostram que não é só um grande artilheiro, mas é mais comprometido com o jogo coletivo. Em 35 jogos oficiais foram 14 assistências e participação direta em 37% nos 92 gols do Barça. Há um ano, no mesmo período,somou quatro assistências e participação de 26% em 103 gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos