Contando com veteranos em campo, Pernambucano tem 'primeira decisão'

Enquanto muitos estaduais sequer iniciaram, o Campeonato Pernambucano já sente pela primeira vez o clima de decisão, sacramentando os dois clubes do Primeiro Turno que se juntarão a Santa Cruz, Sport, Náutico e Salgueiro no Hexagonal Final. Curiosamente, as equipes que estão em vantagem na última rodada têm como referências velhos conhecidos do futebol de Pernambuco.

Pelo segundo estadual consecutivo, cabe a Carlinhos Bala tentar conduzir o América-PE, único clube de Recife que disputa o Primeiro Turno, à fase decisiva. Ao LANCE!, o jogador de 36 anos destaca que as lembranças de suas passagens com gols por Sport, Santa Cruz e Náutico são utilizadas como um "trunfo":

- Impõe respeito, a gente tenta tirar proveito disso e ajudar a chamar a marcação. Além disto, mesmo eu não me considero um "veterano", acho que cheguei em uma idade na qual posso ajudar os meninos mais novos com minhas experiências no futebol e contribuir para o América passar.

Com 11 pontos, o América-PE precisa de apenas um empate com o já eliminado Pesqueira, no Joaquim Brito, às 21h30 (de Brasília) para garantir sua primeira colocação no Grupo B sem depender de um tropeço do Serra Talhada contra o Vitória. Porém, Bala rechaça a possibilidade de o Mequinha atuar recuado, mesmo precisando de um empate fora de casa:

- Cada jogo é uma decisão. A gente precisa entrar em campo sabendo que não está classificado para o Hexagonal (Final) e, respeitando o Pesqueira, mandar bala para dar sequência no campeonato.

Já o líder do Grupo A, Central, deposita suas fichas em um veterano formado em suas categorias de base. Aos 38 anos, Araújo voltou ao clube neste ano, após passagens por Goiás, Cruzeiro, Fluminense e Náutico.

- A diretoria do Central está com um projeto de valorização do clube, de buscar vaga em uma das séries nacionais. Estou encarando bem esta responsabilidade de jogar aqui um Campeonato Pernambucano, porque é bom retornar e, quem sabe, ter uma visibilidade - revelou, ao LANCE!.  

Atualmente com 10 pontos, o Central encara o Porto, que tem dois pontos a menos, no "Clássico Matuto". Quem corre por fora na briga pela vaga é o Atlético-PE, também com oito pontos, que precisa vencer e torcer por um empate entre as equipes de Caruaru. Diante deste panorama, Araújo exige atenção à Patativa do Agreste para garantir a vaga:

- Vamos nos empenhar ao máximo. A equipe está toda focada no projeto de levar o Central à Série D. Vamos atentos, com bons jogadores, em busca da vaga no Hexagonal Final.

Afinal, Carlinhos Bala e Araújo querem comprovar que seguem com fôlego para surpreender também as grandes forças do futebol pernambucano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos