R10 será homenageado em Barcelona e vai encontrar o papa no Vaticano

  • Divulgação/Barcelona de Guayaquil

Depois de defender o Barcelona de Guayaquil em um amistoso festivo na semana passada, Ronaldinho Gaúcho voou para a Catalunha para rever o "xará rico", em que teve o seu auge da carreira. O ex-jogador do Barça, que se desligou do Fluminense no último ano e segue sem clube, foi para a Espanha participar da festa de 110 anos do jornal "Mundo Deportivo", e depois ainda vai para o Vaticano e será recebido pelo papa Francisco, segundo o periódico catalão.

- Estou em casa. Parece que foi ontem que eu fui embora daqui. Nunca vou esquecer todo o carinho que recebi do povo e da torcida. Sempre me fizeram eu me sentir mais um da família - disse o jogador.

Ronaldinho será um dos grandes astros da festa do jornal. Ele será homenageado na cerimônia. Antes ainda, o jogador disse que está ansioso para rever amigos como Messi, Iniesta, Neymar e Luis Enrique, e elogiou o Barcelona.

- O futebol mudou muito nestes anos, mas segue sendo um prazer ver o Barcelona jogar. O Barça sempre é grande - comentou.

Depois de passar por Barcelona, Ronaldinho vai pegar mais um voo e vai para Roma. Segundo o jornal, ele vai ser recebido no Vaticano pelo papa Francisco. O encontro já está para acontecer há algum tempo, mas até então não tinha sido possível. O eterno craque chegou a ser convidado em 2014 para o amistoso "Partida de futebol interreligiosa pela paz", no Estádio Olímpico, mas não conseguiu comparecer.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos