Apresentado pelo Cruzeiro, Gino promete deixar a 'alma em campo'

O Cruzeiro apresentou mais um reforço na manhã desta terça-feira, em coletiva na Toca da Raposa II. Contratado por empréstimo de 18 anos com opção de renovação após o término de tal período, o volante Federico Gino, ex-Defensor, exaltou o fato de reencontrar Arrascaeta e prometeu "deixar a alma" em campo em seu retorno ao Brasil. Gino, de 22 anos, nasceu no Brasil, mas foi para o Uruguai com apenas dois anos de idade.

- Sou um volante misto, posso jogar em qualquer posição do meio-campo central. Sou jogador de poucos toques na bola. E, principalmente, deixo a alma em campo - destacou Gino, ao falar sobre suas características.

A coletiva concedida por Gino foi acompanhada de perto por Arrascaeta, novamente companheiro de clube.

- Jogamos cinco anos juntos. Somos unidos dentro e fora de campo. Jogamos no Defensor e na seleção e compartilhamos muitas coisas - explicou Gino.

Gaúcho de Uruguaiana, cidade que faz fronteira com o Uruguai, Gino ainda comentou sobre o retorno para o Brasil.

- Nasci em Uruguaiana. Fui para o Uruguai aos dois anos. Entendo bem o português, mas não falo bem. Sou uruguaio e brasileiro. Tenho descendência italiana também. Sou um pouco de tudo - explicou o volante.

Gino tem o mesmo empresário do também volante Ariel Cabral, o que pesou para a escolha da camisa de número 40, a que foi utilizado pelo argentino na temporada passada - Cabral passou a utilizar a 19.

Além de Gino, o Cruzeiro contratou outros seis jogadores: os volantes Federico Gino e Marciel, os apoiadores Sánchez Miño e Matías Pisano e os atacantes Rafael Silva e Douglas Coutinho. O volante argentino Lucas Romero, do Vélez Sarsfield, está próximo de ingressar em tal lista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos