Diego Simeone diz que é responsável pelo fracasso de Jackson Martínez

  • RAFA RIVAS / AFP

 

O Atlético de Madrid contratou Jackson Martínez no início desta temporada, gastou 35 milhões (R$ 152 milhõeS) pelo atacante ex-Porto, mas poucos meses depois, vendeu ao Guangzhou Evergrande por 42 milhões de euros (R$ 182 milhões). Em 22 partidas pelo Colchonero, o colombiano balançou as redes apenas três vezes. Nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, Diego Simeone, técnico do Atlético de Madrid, chamou para ele a responsabilidade do fracasso.

 

- O maior responsável sou eu. Não tive a sorte e a opção de buscarmos o melhor e me sinto responsável. Que Jackson não tenha jogado o que pode é um fracasso meu, mas não vou mudar minha forma de jogar - disse o Cholo:

 

- Trabalhou com entusiasmo e alegria, e decidimos o que melhor para os dois lados. Ficamos tranquilos em poder nos cumprimentarmos quando nos encontrarmos. Os envolvidos são os que interessam, os outros podem falar o que quiserem. Ele está tranquilo pelo esforço que fez. Desejamos o melhor para ele. Tomara que volta ser o jogador que pensamos que é.

Fernando Torres, o outro atacante que vive má fase no Atlético de Madrid, mas que ficou, ganhou motivação do treinador.

 

- Volta à lista de relacionados, trabalha com entusiasmo, e se jogar, tomara que marque o seu gol - disse Simeone.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos