Bolzan exalta acerto de Grêmio com Bolaños: ''Foi um tiro certeiro'

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, não escondeu sua felicidade ao confirmar a contratação de Miller Bolaños. Em entrevista à Rádio Gaúcha no fim da manhã deste domingo, o dirigente destacou a maneira bem-sucedida com a qual o clube selou o acordo com o equatoriano, que estava no Emelec:

"Tínhamos uma bala e foi um tiro certeiro. Faz parte do nosso planejamento para reforçar o grupo para a Libertadores. Foi uma operação de guerra. Tomamos todos os cuidados e a discrição necessária para fechar este negócio", declarou o mandatário. 

O vínculo deve ser de três temporadas com Bolaños. Bolzan mostrou-se otimista com a chegada do jogador de 25 anos à Arena:

"Cumprimos nossa palavra com a torcida em buscar um atacante refinado, com faro de gol. Agregará muito ao nosso grupo."

Segundo o presidente do Tricolor gaúcho, Bolaños estava nos planos do clube desde o fim de 2015:

"O Grêmio tinha uma expectativa para trabalhar com este jogador desde dezembro. Na época, houve uma proposta maior do México (do León). Só que os mexicanos não honraram com os valores, e ele não foi vendido. Então, o Grêmio voltou à investida", explicou Bolzan.

Após "adiantar" que o meia-atacante será apresentado nesta semana, Bolzan brincou em relação às várias opções que a equipe terá para a Copa Libertadores:

"Este problema vai ser do Roger. Queremos dar opções para ele", concluiu o dirigente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos