Golfe: Brasileiros jogam nos principais circuitos do mundo visando vaga olímpica

Com apoio da Confederação Brasileira de Golfe (CBG) e do Comitê Olímpico do Brasil (COB), com recursos da Solidariedade Olímpica Internacional, quatro brasileiros jogam esta semana em três dos mais importantes circuitos do golfe mundial.

Adilson da Silva, Lucas Lee, Victoria Lovelady e Miriam Nagl lutam de quinta a domingo para subir nos rankings mundial e olímpico para garantir vagas na volta do golfe às Olimpíadas, nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

O gaúcho Adilson da Silva, melhor brasileiro no ranking mundial e olímpico (345º no ranking mundial e 59º no olímpico, que classifica 60 jogadores), disputa o Tshwane Open, etapa do European Tour e do Sunshine Tour que ocorre na África do Sul, com US$ 1,25 milhão em prêmios.

O segundo melhor brasileiro no ranking mundial, o paulista Lucas Lee (392º), tenta retornar ao ranking olímpico com a disputa do AT&T Pebble Beach Pro-Am, etapa do PGA Tour americano que acontece na Califórnia (EUA), com US$ 7 milhões em prêmios.

No feminino, a paulista Victoria Lovelady (489ª do mundo) e a paranaense Miriam Nagl (604º) jogam o New Zealand Women?s Open, na Nova Zelândia, torneio que distribui 200 mil euros em prêmios e que abre a temporada 2016 do Ladies European Tour. Victoria pontou no ranking desta semana e subiu 12 posições.

Ela está próxima de garantir sua participação nas Olimpíadas sem precisar usar a vaga destinada ao país sede - atualmente, ela aparece em 60º lugar no ranking olímpico, utilizando a vaga garantida.

Victoria e Miriam jogam esta semana com convites dos patrocinadores - o convite de Miriam foi obtido com o auxílio da CBG.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos