Thiago Maia se diz em casa no Santos e ignora assédio europeu

  • Divulgação/Santos FC

Enquanto o técnico Dorival Júnior torce para o fechamento da janela de transferências, principalmente para o futebol chinês, o volante Thiago Maia trata de tranquilizar o comandante e a diretoria santista.

Uma das principais revelações do Santos no ano passado, o jovem tornou-se alvo de clubes europeus, como a Fiorentina (ITA). Os italianos estiveram reunidos com os agentes do jogador, mas as negociações não avançaram e nem sequer uma proposta oficial foi enviada à diretoria santista. De acordo com o próprio Thiago Maia, o Peixe é sua casa e sua vontade não é de sair.

"Todo jogador que tem proposta, não vai sair porque o Santos é a casa de todo mundo. Todo mundo que chega se adapta rápido. Paulinho mesmo falou que se adaptou em dois dias. Eu vou ficar, me sinto bem e fico à vontade para jogar", garantiu o camisa 29. 

Como o próprio Thiago Maia revelou, Paulinho não demorou a se adaptar ao ambiente do clube. Entretanto, o atacante ainda vem destoando dos companheiros e não conseguiu ainda cair nas graças da torcida. De acordo com Thiago, porém, Paulinho não dá ouvido às críticas e deixa de lado o histórico extracampo do camisa 26.

"O Paulinho é bem experiente. Entra em um ouvido e sai por outro. Não deixa abalar. O que faz fora de campo, ele resolve. Pode fazer o que for, se fizer dentro de campo o que o professor pede... Acho que ele já se encaixou, vem treinando forte, jogando e mostrando trabalho. Está bem, adaptado à formação", elogiou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos