Com muitas lembranças, Juan vê Clássico dos Milhões como 'especial'

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

Rubro-negro desde criança, o zagueiro Juan vai disputar domingo (14), contra o Vasco, um clássico que ele considera especial. O defensor de 37 anos já enfrentou o arquirrival do clube do Flamengo algumas vezes, desde as categorias de base, e sabe muito bem do peso deste duelo. Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, totalmente pautada pelo Clássico dos Milhões, o defensor responde a inúmeras perguntas sobre o jogo de domingo.

"É sempre um jogo muito especial. Flamengo e Vasco têm uma rivalidade histórica, clubes de muitos títulos. Cresci naquela época em que o maior clássico era o Fla x Flu e passou a ser Flamengo x Vasco. Me acostumei a disputar este clássico, diante do nosso maior rival", disse o zagueiro, que vai disputar o primeiro duelo contra o Vasco nesta segunda passagem pelo Rubro-Negro.

"É o nosso maior rival. A primeira coisa que passou pela cabeça quando voltei ao Flamengo foi o jogo contra o Vasco", disse o defensor.

Juan vê o clássico de domingo como 'diferente' por ser disputado em São Januário. Porém, as duas equipes já fizeram duelos históricos na casa do Vasco. Num deles, o zagueiro estava presente na arquibancada, quando o rival se sagrou Campeão Carioca, em 1992.

"Será diferente. Estamos acostumados com Flamengo e Vasco no Maracanã. Mas este também é um ano atípico, sem o Maracanã, então será lá. Lembro de um clássico (entre Flamengo e Vasco) em São Januário, aquele da cabeçada do Júnior", lembra o zagueiro, referindo-se ao 1 a 1 de 1992, na última partida do Campeonato Carioca daquele ano, quando Júnior deu uma cabeçada no árbitro Jorge Travassos e foi expulso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos