Eduardo Baptista lamenta empate do Fluminense e fala em "fazer ajustes"

O empate com o Madureira em 3 a 3 impediu o Fluminense de subir na tabela do Campeonato Carioca. O clube carioca, que havia goleado o Bonsucesso na rodada anterior, foi a quatro pontos e se manteve na quarta colocação do Grupo A, o limite da zona de classificação para a próxima fase. Na visão do técnico Eduardo Baptista, o tropeço no Moacyrzão, em Macaé, engloba algo mais do que algumas falhas individuais.

"Fluminense não fez uma boa partida, fez uma partida melhor ofensivamente. Como era previsto, o Madureira se fechava bem. Mas cometemos alguns erros que nos custaram caro. São todos que têm que ajustar", disse.

O Fluminense saiu perdendo por dois gols para o Suburbano. Fred, no entanto, marcou três vezes, tornou-se o terceiro maior artilheiro da história do clube e virou a partida. Só que, nos minutos finais, o Madureira deixou tudo igual.

"Faltou concentração. Era um time que vinha jogar nos nossos erros. Infelizmente, erramos e acabamos tomando dois gols. Mas esses erros, quando você começa mal, complica mesmo", avaliou o treinador.

Com Wellington Silva, Henrique, Marcos Júnior e Danielzinho penalizados, o Fluminense terminou o duelo com quatro cartões amarelos. Números que, para Baptista, podem ser explicados pela chuva, que modificou as condições de jogo.

"É normal para um jogo de futebol. Um campo pesado. Por você estar exposto, você tem que ir para o contato", opinou.

Na próxima rodada, os comandados e Eduardo Baptista enfrentam o Tigres do Brasil. O confronto acontece no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, às 19h30 de domingo (14).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos