Falcão elogia postura do Sport contra o Central e destaca jogo aéreo

  • Williams Aguiar/Sport

O técnico Paulo Roberto Falcão afirmou que a persistência de jogadas aéreas nas primeiras rodadas do Campeonato Pernambucano, não o incomoda. Após ver as jogadas contribuírem para a vitória por 2 a 1 sobre o Central, na noite dessa quarta-feira, em Caruaru, seu próximo desejo é trabalhar as jogadas pelos lados de campo.

"O que eu quero do meu time, eles fizeram. Não dá para entrar por dentro. Todo mundo se fecha. Meu objetivo é que a gente trabalhe essa bola para entrar por fora. Significa Samuel passar, Lenis passar, Renê passar, meu objetivo é construir as jogadas pelas laterais".

Falcão também visará aprimorar as jogadas aéreas da equipe:

"Vamos trabalhar mais isso, ainda. Entrar por dentro é mais difícil, principalmente quando temos um jogador só na frente. Fica difícil achar o Túlio (de Melo) no chão, porque no caso de hoje, tinha três zagueiros e mais dois volantes", disse, em declaração reproduzida pelo "Superesportes".

As jogadas vêm fazendo o treinador rever seus conceitos sobre a postura do Sport:

"Meu time, eu gosto que jogue, chegue na intermediária, passe um pouco e jogue para os lados, para que a gente possa chegar na linha de fundo e fazer o cruzamento. Isso não significa que a gente não pode jogar por dentro, mas o que eu peço é exatamente isso: abrir o adversário, abrir a bola para chegar no fundo do campo", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos