Que venha o PSG! Avassalador, Chelsea faz cinco e afunda Newcastle

O Chelsea mostrou novamente o futebol que o levou a ser campeão da Premier League na temporada passada. Com um futebol envolvente e um bom entrosamento dos homens de frente, a equipe do técnico Guus Hiddink fez 5 a 1 no Newcastle, no Stamford Bridge. Os gols foram de Diego Costa, Willian, Pedro (2) e Traoré. Townsend descontou no fim.

O resultado deixa o Chelsea com 33 pontos, a dois do Liverpool, na 12ª colocação. O Newcastle, por sua vez, cai uma posição e volta a entrar na zona do rebaixamento, com 24.

Hiddink não quis poupar jogadores para a partida contra o PSG, na terça-feira, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. O único desfalque foi Oscar, que foi cortado até do banco de reservas. Em seu lugar, entrou Pedro, o que foi uma decisão sábia do treinador.

O primeiro tempo tempo do Chelsea foi avassalador. Intenso e com bom toque de bola, os Blues não deram a menor chance para o Newcastle. Logo aos quatro minutos, Diego Costa aproveitou boa jogada de Willian e, mesmo caído, conseguiu mandar para o fundo das redes.

Os jogadores do Newcastle estavam tontos, ainda tentando entender o que se passava no Stamford Bridge. Ligado no 220 volts, Pedro aproveitou bobeada na troca de passes da defesa dos Magpies, roubou a bola e ampliou. Aos 16 minutos, foi a vez de Diego Costa retribuir a gentileza e deixar Willian na boa para fazer o terceiro.

Soberano, o Chelsea seguia dominando em todos os setores. E o Newcastle, apático, não dava sinais de que poderia esboçar uma reação. Pelo contrário, batia cabeça. Em outra bobeada da defesa, Diego Costa roubou a bola e tocou para Pedro chutar em cima de Elliot.

Já sem Terry, que saiu machucado, e com Ivanovic na zaga, os Blues sofreram alguns minutos de pressão no início da segunda etapa. Nada que abalasse a bem postada defesa. Passado o susto, Fàbregas, como um maestro, deu lindo lançamento para Pedro, que fez o seu segundo na partida, o quarto do Chelsea.

A goleada, então, fez o Chelsea tocar a bola no ataque. Hiddink passou a preservas seus jogadores. Diego Costa e Willian, aplaudidíssimos, deixaram o campo. Mesmo sem a inspirada dupla, os Blues fizeram o quinto. Azpilicueta tabelou com Hazard e cruzou para Traoré aparecer na pequena área e fazer o quinto. O meia belga ainda perdeu um gol na cara de Elliot. Townsend, aos 44 minutos, fez o de honra para o Newcastle, que em nada tirou o brilho da brilhante partida do time londrino.

Que venha o PSG!

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos