Renan pega pênalti mas admite falha em gol olímpico no clássico

 Goiás e Atlético Goianiense fizeram um clássico eletrizante no último domingo, no Estádio do Serra Dourada. O goleiro Renan foi protagonista da partida por dois motivos. Primeiro ele defendeu um pênalti cobrado pelo goleiro Márcio. Na segunda situação, o camisa um do esmeraldino levou um gol olímpico e assumiu o erro na jogada.

- Passa muito por concentração. Eu peguei o pênalti e saiu uma adrenalina fazendo com que eu deixasse o meu normal. Sou um cara frio e com essa desconcentração, eu acabei me equivocando. Eu pedi desculpa ao grupo, peço ao torcedor, mas errei tentando fazer o certo. O Ednei tem mérito, mas o goleiro tem que buscar aquela bola. Eu errei e resultou no gol.

 Renan também comentou sobre a arbitragem, mas preferiu não colocar a culpa no árbitro Wilton Pereira Sampaio.

- Acho que o primeiro pênalti aconteceu, mas teve uma falta antes no Carlos que ele não deu. Acho que o segundo não existiu. Mas hoje eu errei, estão todos suscetíveis a erros. A gente não pode culpar. O árbitro errou hoje, mas acertou muitas vezes. Isso faz parte. Por isso que no futebol tem esse peso emocional.

 O empate foi visto de forma positiva por ambos os lados. O goleiro do Goiás ressaltou o futebol apresentado no domingo e comparou a partida com o jogo diante do Vila Nova.

- Acho que tem um peso diferente, não é diminuir o Vila, mas pelos últimos anos, pela crescente do Atlético, acho que sempre é um grande jogo. O time que sempre chegou na final, ganhou títulos e esteve na Série A. O Vila está tentando recuperar o seu espaço, e isso prova a grandeza deles.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos