Lucca elogia Tite e disputa interna no Corinthians para "manter alto nível"

Os seis reforços contratados neste ano e relacionados para o compromisso de estreia do Corinthians começaram a Libertadores no banco de reservas do técnico Tite. Dos 11 titulares na vitória por 1 a 0 diante do Cobresal, no Chile, todos já estavam no elenco no fim do ano passado, quando Gil, Ralf, Jadson, Renato Augusto e Vagner Love ainda faziam parte do grupo. Sem eles, jogadores como Willians, Marlone, Guilherme, Giovanni Augusto e André foram adicionados ao elenco, mas com a perspectiva de sofrimento por uma vaga no time. Segundo o atacante Lucca, que começou o ano como titular, a competitividade interna faz bem ao elenco neste momento de reconstrução.

- Lá dentro, independente de quem joga, a gente não tem essa vaidade. Se Lucca vai jogar, Romero vai jogar, Claudinho vai jogar, se Gabriel Vasconcelos vai jogar, a gente não tem essa vaidade, e cada um vai buscar seu espaço. O Tite trabalha muito isso, porque a qualquer momento a oportunidade pode surgir e você tem que estar preparado - relatou o camisa 30, de participação direta no gol contra marcado por Escalona na primeira rodada da Libertadores.

- Se você treinar um dia abaixo vai ser cobrado, ele (Tite) vai te chamar e dar um puxão de orelha, porque é necessário jogar em um alto nível como esse. Essa cobrança é necessária e todos têm que estar preparados para isso - completou o talismã de 2015, e novo titular da equipe nesta temporada.

Até o momento, o Corinthians acertou a contratação de dez jogadores para a temporada, mas dois não fazem parte dos planos: Douglas, que não foi inscrito na Libertadores e procura um novo destino, e Moisés, que permanecerá emprestado ao Bahia até o fim dos Estaduais, em maio. Dos oito restantes, seis foram relacionados para a partida contra o Cobresal e dois ainda aguardam pela primeira chance: o meio-campista Alan Mineiro, que só jogou na pré-temporada, e o zagueiro Fabián Balbuena, que assinou contrato há uma semana e ficou em preparação no Brasil durante a viagem do restante do grupo para o Chile.

De acordo com a direção corintiana, a atenção segue focada no mercado, mas nenhuma novidade ocorrerá antes do fim da primeira fase da Libertadores. Na sequência da competição continental, quando são permitidas até três trocas no elenco de 30 jogadores, o Timão repensará a posição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos