Soberano, Inter goleia o Cruzeiro-RS com Anderson sendo destaque

Foi contra o Cruzeiro-RS que Anderson estreou com a camisa do Internacional, em 11 de fevereiro de 2015. Estreia com pênalti perdido e empate sem gols em Gravataí. Neste sábado, a história foi diferente. O camisa 8, que chegou a ser alvo do Hebei China Fortune (CHN) no início deste ano e ganhou ainda mais importância no Colorado após a saída de D'Alessandro, teve bom desempenho contra o mesmo Cruzeiro nesta tarde, no Beira-Rio, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Gaúcho. Com gols dele - que foi substituído por Alex sob aplausos -, Aylon, Alisson Farias e Andrigo, o Inter fez 4 a 0 no adversário e segue invicto no Estadual.

O Internacional, agora com 11 pontos na tabela, voltará a atuar no Campeonato Gaúcho na próxima quarta, quando, novamente no Beira-Rio, receberá o Veranópolis, às 19h30. Já o Cruzeiro, mais uma vez fora de casa, visitará o Glória, no Altos da Glória, às 20h. O time de Cachoeirinha segue com apenas um ponto e na 14ª e última posição.

COLORADO SUPERIOR E BRILHO DE ANDERSON

O Inter iniciou a partida tendo Alisson Farias como novidade. Anderson, novamente com a missão de ser o principal articulador, contou com o atacante aberto pela esquerda, Aylon garantindo mais opção pela direita e Sasha com liberdade para circular pelo ataque. O Colorado não teria dificuldade para ter o controle do jogo desde o início. O Cruzeiro só levou certo perigo em cobranças de escanteio. Sem conseguir ter a bola - posse de bola no primeiro tempo foi de 65% para o Inter, contra 35% -, o Estrelado apenas tentou conter o ímpeto colorado.

Com o passar dos minutos, o Inter acumularia chances de gol. Aos 16 minutos, Rodrigo Dourado fez boa jogada para Aylon, que só não marcou graças ao zagueiro André Ribeiro, que salvou em cima da linha. No minuto seguinte, Artur cruzou e o camisa 18 finalizou com muita força, quando tinha o gol vazio pela frente. O gol colorado era questão de tempo. Anderson, que aos poucos foi crescendo de produção, acertou a trave, após Andrey espalmar. E o gol viria aos 48. Anderson recebeu de Willian e finalizou com categoria, sem chance algum para o goleiro cruzeirense. Inter 1 a 0 após nove conclusões, contra apenas uma do adversário.

AYLON, ALISSON FARIAS, ANDRIGO E GOLEADA

O Cruzeiro voltou com novidades para a etapa final, após as entradas de Chiquinho Gaúcho e Thiago Alagoano. O time de Cachoeirinha bem que tentou imprimir certa pressão nos minutos iniciais, mas não manteve o ímpeto por mais tempo. O Inter passou a ter as rédeas do jogo assim que passou a trabalhar a bola com qualidade. Foi assim que chegou ao segundo gol. Anderson serviu Willian, que cruzou na medida para Aylon, de cabeça, fazer Inter 2 a 0, aos 13 minutos.

Alisson Farias vinha tendo fazer a diferença para o Inter. Mas vinha ficando apenas na tentativa. Eis que, aos 21, ele recebeu pela esquerda sem marcação, se esquivou da marcação e marcou belo gol, o terceiro do Inter. Sobrou comemoração e emoção para o jovem de apenas 19 anos. Foi seu primeiro gol pelo time principal do Inter. A goleada aumentou pouco depois. Andrigo, que havia entrado na vaga de Sasha, ampliou aos 29. Quarto gol do Inter e só com jogadores cujos nomes começam com a letra "A".

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 4 X 0 CRUZEIRO-RS

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Data-hora: 20/2/2016 - 17h

Árbitro: Daniel Bins (RS)

Auxiliares: José Javel Silveira (RS) e Max Augusto Guimarães Vioni (RS)

Renda/Público: R$ 222.000,00/8.291 pagantes/10.281 presentes

Cartões amarelos: Anderson e Jackson (INT)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Anderson, 48'/1ºT(1-0); Aylon,13'/2ºT(2-0), Alisson Farias, 21'/2ºT(3-0) e Andrigo, 29'/2ºT(4-0).

INTERNACIONAL: Alisson; William, Paulão, Jackson e Artur; Fernando Bob, Rodrigo Dourado, Anderson (Alex, 27'/2ºT) e Alisson Farias; Eduardo Sasha (Andrigo, 25'/2ºT) e Aylon (Yan Petter, 23'/2ºT) - Técnico: Argel Fucks.

CRUZEIRO-RS: Andrey; Rodrigo Heffner, Vladimir, André Ribeiro e Jefferson; Paraná, Reinaldo, Juninho Tardelli (Thiago Alagoano, Intervalo) e Elton (Chiquinho Gaúcho, Intervalo); Matheus e Caion (Vini, 22'/2ºT) - Técnico: Luis Antônio Zaluar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos