Estreante marca, reservas goleiam e Galo recupera liderança no Mineiro

Com a cabeça no jogo de quarta-feira, pela Libertadores, o Atlético-MG recebeu o Boa Esporte no Independência com um time basicamente reserva pela quarta rodada do Mineiro. Apesar do grau de importância menor, a partida do estadual valia a liderança da tabela. Com a vitória do rival Cruzeiro, o Atlético teria também que triunfar para reconquistar o topo. E venceu, com direito a goleada e gol até de jogador estreante. 5 a 1 placar final e primeira colocação recuperada.

Os gols da partida foram marcados por Júnior Urso, em seu primeiro jogo pelo Galo, e Eduardo, ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Luan marcou dois e Dodô também deixou sua marca. Sillas diminuiu para a equipe do sul de Minas.

Com o resultado, o Atlético alcançou os 10 pontos na tabela e supera o rival Cruzeiro no saldo de gols. Sete contra três. O Boa continua em situação desesperadora, com três pontos e na zona de rebaixamento. Na semana que vem, a equipe de Varginha visita o Villa Nova, enquanto o Galo pega a URT. Antes disso, os comandados de Aguirre recebem o Independiente del Valle, nesta quarta, pela Libertadores, em partida que marcará a estreia de Robinho com a camisa 7.

O jogo

O Atlético foi melhor durante todo o jogo. Diferente da partida contra o Guarani, quando Aguirre também escalou jovens e reservas, Dodô, Henrique e Pablo mostraram boa movimentação, maior interesse e menor nervosismo. Em sua primeira partida com a camisa alvinegra, Júnior Urso mostrou a raça, pegada e entrega que a torcida gosta de ver no meio-campo. Como cartão de visita, o volante testou firme o cruzamento de Dodô e abriu o placar do jogo.

No Boa, as melhores ações saíram com o também estreante Roberto Jacaré, que deu trabalho para a zaga, além de Gabriel, autor de uma bola na trave. Mas o Galo continuou superior, descendo com perigo principalmente pelas laterais. Do lado direito, Pablo aproveitou a falha da zaga e cruzar rasteiro para Eduardo, que contou com a colaboração da defesa para dominar com frieza e marcar o segundo gol.

Em desvantagem, o Boa esboçou novas tentativas de ataque no segundo tempo, mas priorizou a cautela para evitar levar mais gols. 'Insatisfeito' só com dois gols, Aguirre sacou um dos volantes e promoveu Luan e Hyuri em campo. Em cinco minutos o menino maluquinho sofreu um pênalti que ele mesmo bateu e aumentou: 3 a 0.

Apesar da visível superioridade anftriã, o Boa Esporte ainda conseguiu se aproveitar do cochilo atleticano e teve méritos para marcar seu gol de honra, marcado por Sillas, de cabeça, após cruzamento que veio da direita. Este foi o primeiro tento levado pelo Atlético no estadual. Mas não parou por aí. Já no apagar das luzes, Dodô fez o quarto do Galo após ótima jogada de Pablo e Luan ainda marcou seu segundo gol e fechou a conta. 5 a 1 placar final.

ATLÉTICO-MG 5x1 BOA ESPORTE

Motivo: 4ª rodada, Campeonato Mineiro 2016

Data/hora: 21/02/2016, às 17h

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Jerferson Antônio da Costa

Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago e Marconi Helbert Viera

GOLS: Júnior Urso, 15'1ºT (1-0); Eduardo, 21'1ºT (2-0); Luan, 16'2ºT (3-0); Sillas, 34'2ºT (3-1); Dodô, 42'2ºT (4-1); Luan, 44'2ºT (5-1)

Cartões amarelos: Júnior Lopes, Léo Baiano (BOA); Edcarlos (CAM).

Cartão vermelho: Não teve.

Público/Renda: 11.407 presentes/R$ 156.045,00.

Atlético: Victor; Carlos César, Edcarlos, Tiago e Douglas Santos (Lucas Cândido); Rafael Carioca (Luan), Urso, Eduardo e Dodô; Henrique (Hyuri) e Pablo. Técnico Diego Aguirre.

Boa: Glaycon; Nininho, Wallace, Junior Lopes e Sheslon; Leonardo (Welker), Léo Baiano, Anderson Mello (Welder) e Thaciano; Gabriel (Sillas) e Roberto Jacaré. Técnico Nedo Xavier.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos