Grêmio se recupera de duas derrotas seguidas ao vencer o Novo Hamburgo

Não foi com a atuação vistosa e convincente que o torcedor esperava, mas o Grêmio se recuperou de duas derrotas seguidas - para São José-RS e Toluca - neste domingo, atuando na Arena. Com gol de Bobô, o Tricolor superou o Novo Hamburgo por 1 a 0, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Gaúcho.

O Grêmio, agora em terceiro na tabela com 12 pontos, volta a atuar pelo Gauchão na próxima quarta, quando visitará o São Paulo de Rio Grande, no Aldo Dapuzzo, às 21h45. Já o Novo Hamburgo, no mesmo dia, mas às 20h, quando receberá o Passo Fundo, no Estádio do Vale. O Noia, derrotado pela terceira vez seguida, segue com cinco pontos e próximo da zona de descenso.

NADA DE GOLS NO PRIMEIRO TEMPO

Com um time mais ofensivo após o recuo de Giuliano para a posição de Maicon e o ingresso de Henrique Almeida como titular, o Grêmio começou melhor na Arena, pressionando o Novo Hamburgo desde o início do jogo. Luan, que decepcionou contra o Toluca, chamou a responsabilidade para si, ao acertar a trave logo com três minutos. Everton foi outro que levou perigo, sempre aberto pela esquerda. Envolvendo o rival, o Tricolor só pecava nas conclusões.

Até então com dificuldade para deixar o seu campo defensivo, o Noia levou perigo pela primeira vez aos 18 minutos, após a defesa gremista apenas observar Anderson Paraíba receber e finalizar de fora da área para a ótima defesa de Grohe. O Grêmio teve mais a bola - 65% de posse, contra 35% -, mas foi o Noia que levou perigo pela última vez no primeiro tempo. Cruzamento da direita, cabeçada de Kiros e nova intervenção de Grohe. O Tricolor mostrou força ofensiva, mas deixou a desejar na hora de concluir.

MUDANÇAS NO TRICOLOR E GOL DE BOBÔ

Roger esperou pouco tempo para realizar mudanças no time do Grêmio. Henrique Almeida, que foi pouco acionado e não conseguiu finalizar uma vez sequer, foi substituído aos dez minutos. Pouco depois, aos 17, foi a vez de Douglas. Bobô e Fernandinho foram os escolhidos.

O gol fez, naturalmente, bem ao Grêmio, que passou a ter mais paciência para tentar transpor a marcação rival novamente. Fernandinho, que entrou bem no jogo, fez boas investidas pela esquerda e quase aproveitou rebote de Jandrei após arremate de Everton. O Noia tentou levar perigo após as mudanças feitas por Gerson Gusmão, mas não mostrou qualidade para alcançar o empate. Não foi o futebol vistoso que a torcida esperava, mas o Grêmio conseguiu vencer.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 1 X 0 NOVO HAMBURGO

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data-hora: 21/2/2016 - 17h

Árbitro: Daniel Soder (RS)

Auxiliares: Leirson Peng Martins (RS) e Alduino Mocelin (RS)

Público/Renda: 8.470 pagantes/ 9.965 presentes/ R$ 291.588,00

Cartões amarelos: Wallace Oliveira e Marcelo Oliveira (GRE); Preto, André Paulino e Ruan (NOV)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gol: Bobô, 22'/2ºT(1-0).

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Edinho; Douglas (Fernandinho, 17'/2ºT), Giuliano, Everton e Luan (Kaio, 32'/2ºT); Henrique Almeida (Bobô, 10'/2ºT) - Técnico: Roger Machado.

NOVO HAMBURGO: Jandrei; Celsinho, Diego Macedo, André Paulino e Ruan; Amaral, Preto (Matheus Pranke, 34'/2ºT), Anderson Paraíba e Saldanha; Robinho (Juninho Silva, 26'/2ºT) e Kiros (Jonathan, 40'/2ºT) - Técnico: Gerson Gusmão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos