Porto passa sufoco em casa, mas derrota o Moreirense de virada

O Porto se livrou de passar por um vexame neste domingo no Estádio do Dragão, pela 23ª rodada do Campeonato Português, o clube ia perdendo pela primeira vez na história para o Moreirense, e ia ficando ainda mais longe dos líderes. Mas já na reta final, a equipe conseguiu uma virada e venceu por 3 a 2. Suk entrou na história do time como o primeiro sul-coreano a marcar com a camisa azul e branco.

Com este resultado, o Porto mantém vivo o sonho de conquistar o título português. Chega a 52 pontos e fica a três dos líderes Sporting e Benfica, sendo que os Leões ainda jogam na rodada, pegam o Boavista em casa na segunda-feira. No próximo domingo, o Porto visita o Belenenses, mas antes, na quinta, recebe o Borussia Dortmund pela Liga Europa. O Moreirense é o 14º com 23 pontos.

Depois da derrota da última quinta-feira para o Borussia Dortmund fora de casa pela Liga Europa, o Porto entrou em campo apático. O time voltou a ter os jogadores que desfalcaram, como Maxi Pereira e Danilo, mas não entrou bem no jogo. Muito pelo contrário. O Moreirense, que está apenas no meio da tabela e não está distante da zona de rebaixamento, conseguiu forçar erros bobos do Dragão.

Ainda aos 10 minutos, Evaldo disparou, deixou o jovem Chidozie para trás, tocou para Boateng, que chutou e Casillas saiu bem para defender. Mas ofereceu rebote, o mesmo jogador que finalizou recuperou a bola e tocou para Iuri Medeiros, que ficou na boa para abrir o placar.

O Porto tinha mais posse de bola, mas não conseguia furar a defesa do Moreirense. Só foi ter uma chance aos 17 com Suk de cabeça, mas Stefanovic defendeu bem. Mas foi o time visitante que marcou. Do lado direito do ataque, Iuri Medeiros, promessa que pertence ao Sporting, achou lindo passe para Fábio Espinho, que aproveitou-se da inocência de Chidozie para se antecipar e ampliar o marcador.

Nos últimos 10 minutos do primeiro tempo, o Porto enfim começou a criar chances. Mas só balançar a rede mesmo em pênalti. Maxi Pereira foi derrubado na área e Layún converteu. Na volta do intervalo, José Peseiro tirou Corona para colocar Evandro. Uma tentativa de ganhar o meio-campo.

Mas quem apareceu bem foi o Moreirense com Nildo Petrolina e depois Iuri Medeiros, obrigando Casillas a fazer duas belas defesas. O Porto rapidamente tomou o domínio do jogo, mas nada de ameaçar o gol rival. Peseiro tirou o zagueiro Chidozie para colocar o atacante Marega. Acabou que o time da casa conseguiu arrancar o empate, mas novamente em lance de bola parada. Layún cobrou escanteio e Suk cabeceou para o gol. Foi a primeira vez que um sul-coreano marcou pelo Dragão. Na sequência, a virada.

Após cruzamento de Layún que ia saindo pela linha de fundo, Herrera salvou, jogou para o meio da área e Evandro completou de cabeça e virou para o Porto. Com o resultado nas mãos, não houve dificuldade para segurar a vitória até o fim.

Também neste domingo, o Arouca derrotou o Belenenses em Lisboa, e o Marítimo fez uma bela partida ao derrotar o Tondela fora de casa por 4 a 3. Mais tarde, clássico entre Braga e Vitória de Guimarães.

CONFIRA A 23ª RODADA DO CAMPEONATO PORTUGUÊS

Sexta-feira

União da Madeira 1x1 Estoril

Sábado

Paços de Ferreira 1x3 Benfica

Académica 0x2 Rio Ave

Domingo

Belenenses 0x2 Arouca

Tondela 3x4 Marítimo

Vitória de Setúbal 1x1 Nacional

Porto 3x2 Moreirense

Braga x Vitória de Guimarães

Segunda-feira

Sporting x Boavista

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos