Baptista elogia Scarpa e explica mudanças na defesa do Fluminense

  • Nelson Perez/Fluminense FC

    Gustavo Scarpa é elogiado por Eduardo Baptista

    Gustavo Scarpa é elogiado por Eduardo Baptista

A escalação do Fluminense para o duelo com o Flamengo já apresentou surpresas. Renato Chaves e Léo Pelé ganharam espaço no time de Eduardo Baptista. Sobrou para Marlon e Giovanni, que ficaram no banco e reservas. Já com a bola rolando, a outra "novidade" foi o recuo de Gustavo Scarpa para a lateral-esquerda, função desempenhada pelo camisa 40 em outras ocasiões.

Satisfeito com a atuação do meia no setor, o técnico Eduardo Baptista explicou os motivos que o levaram a tomar essa decisão:

"O Gustavo sabe ajudar ali e sabe ajudar no setor defensivo. Foi o melhor nosso no segundo tempo. Eu não queria tirar um atacante para colocar o Douglas. O Léo já tinha um cartão, eu poderia perder um jogador. A única bola que entrou naquele lado foi o gol. O Gustavo é versátil, e em momentos que a gente acredita que seja a hora dele atuar em uma dessas posições, a gente toma a decisão. Lógico que tomamos a decisão querendo acertar", explicou o treinador, que também listou os fatores para as alterações na defesa.

"O Renato era um jogador que foi uma decisão nossa, de uma qualidade boa, rápido, valente. Foi recuperado da lesão, ganhou a posição. E o Léo um lateral que tem a marcação como característica", ponderou.

Quarto colocado o Grupo A o Campeonato Carioca, o Fluminense, que perdeu o clássico deste domingo para o Rubro-Negro (2 a 1), em Brasília, enfrenta o Botafogo na próxima quarta-feira. O confronto com o Alvinegro acontecerá em Cariacica (ES), no Estádio Kleber Andrade, às 21h45.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos