Giovanni Augusto ganha espaço no Corinthians, mas ainda vê Romero à frente

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Dos reforços contratados pelo Corinthians nesta temporada, Giovanni Augusto é quem mais ameaça os remanescentes na luta pela titularidade. O meia tem entrado com frequência durante os jogos e marcou seu primeiro gol pelo Timão no domingo, no empate por 2 a 2 com a Ferroviária. Ele deverá ter a chance de iniciar a partida desta quarta-feira, contra o São Bento, já que o técnico Tite indicou que fará mudanças na equipe por conta da quantidade de jogos seguidos.

Giovanni Augusto, por sua vez, mantém a humildade. Escolhido para dar entrevista coletiva na segunda-feira, o jogador admitiu que o atacante paraguaio Ángel Romero está em um momento melhor. Os dois, teoricamente, brigam pela mesma posição: aberto pela direita na linha de quatro jogadores atrás do centroavante.

- Estou muito feliz aqui. O técnico Tite tem me dado oportunidades, então agora cabe a mim dar o meu melhor e aos poucos conquistar o meu espaço. Hoje, o momento melhor é do Romero. Respeito o momento de cada um. Na hora certa, vou ter meu espaço também - afirmou o meia.

Desde a chegada dos reforços, Tite pediu tempo para seus novos comandados se adaptarem ao esquema da equipe. O treinador tem como filosofia manter quem vem jogando há mais tempo no time e, inclusive, já explicou isso aos que chegaram.

- O Tite já conversou com a gente sobre isso. Acho que o mais importante é nossa equipe se fortalecer. Temos muitos jogos e é preciso ter um elenco muito forte. O mais importante é a gente se preparar para corresponder à altura quando tiver a oportunidade. Acho que é justo os que estão há mais tempo jogarem, e os que chegaram têm que procurar o espaço. Estamos apenas no início da temporada, ainda tem muita coisa para acontecer - projetou Giovanni.

Maior investimento do Timão para a temporada, Giovanni Augusto está ciente da responsabilidade que terá pela frente. O jogador já participou de quatro das primeiras seis partidas oficiais do Corinthians em 2016 e já se diz adaptado e contente no novo clube. Após marcar seu primeiro gol e receber elogios de Tite, o meia busca assumir a titularidade na equipe. Ele vem pedindo passagem!

Confira o bate-bola com Giovanni Augusto:

Como analisa o momento dos reforços?

Nós vamos pegando confiança e entrosamento nos treinos. O Tite nos deixa muito tranquilos, e temos que respeitar o momento de quem está melhor e mais preparado. São muitos jogos, vai ter espaço para todo mundo jogar. Sei que na hora certa a equipe vai crescer na competição. Nosso grupo é muito focado e unido, a gente procura conversar, sempre respeitando um ao outro. Os que chegaram agora têm a responsabilidade de poder entrar no lugar de quem foi embora, mas têm que fazer por merecer.

Você joga mais pelo lado direito, fazendo a função em campo que era de Jadson até o ano passado. Poderia atuar em outra posição?

Posso dizer que sim. O futebol está muito dinâmico, tem que adaptar o mais rápido possível independentemente da posição. Lógico que mais aberto pelos lados tem que estar muito bem fisicamente.

O time deverá ter mudanças contra o São Bento. Como projeta o jogo?

Vai ser um jogo muito difícil, mas tenho total confiança em quem vai entrar. A gente acompanha no dia a dia, sabe que todos trabalham muito. Como já tinha falado: quando a gente quer conquistar uma coisa, tem que passar por cima das dificuldades.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos