Cerro se arruma na etapa final, vence azarão e lidera grupo do Timão

O Cerro Porteño confirmou o favoritismo na noite desta quinta-feira pela segunda rodada do Grupo 8 da Libertadores, ao vencer por 2 a 1 os chilenos do Cobresal, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção. Como empatou na estreia com o Santa Fe, o time paraguaio assumiu o primeiro lugar com quatro pontos. O Corinthians, que tem três pontos e um jogo a menos, vem a seguir. O colombiano Santa Fe, próximo rival do Timão no dia 2 de março, é o terceiro, com um ponto. O Cobresal, com duas derrotas, não pontuou e é o lanterna.

Melhor em campo, o Cerro dominou toda a partida, mas teve dificuldade para chegar ao gol no primeiro tempo. Com isso, apenas na fase final a rede balançou. E foram dois gols relâmpagos. Aos quatro minutos, Santana escorou o cruzamento do zagueiro Alonso e abriu o placar. Aos seis, num contra-ataque, Leal disparou quase do meio de campo, entrou na área e tocou no canto esquerdo do goleiro. Cuerdo. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

O gol tranquilizou o time e a torcida paraguaia. Mas ocorreu um cochilo incrível do zagueiro Valdez, aos 18 minutos, que atrasou erradamente para o goleiro Silva sem observar que Lino Maldonado estava no caminho. O atacante dribou o goleiro Silva e tocou para o gol vazio diminuindo para 2 a 1.

O jogo ficou tenso porque o Cerro, embora controlasse a posse de bola, deixava espaços e por duas vezes viu o Cobresal ter a chance do empate, uma delas aos 46 minutos, quando o miolo da zaga falhou e Lino Maldonado cabeceou sozinho para fora.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos