Marcelo Oliveira vê jogo 'mais regular' do ano e admite alívio

Marcelo Oliveira admitiu que ver o Palmeiras quebrar o jejum de cinco partidas sem vencer com uma goleada por 4 a 1 sobre o XV de Piracicaba o deixou mais tranquilo. O motivo: o time colocou em prática muito do que foi treinado nas atividades de terça e quarta-feira, na Academia de Futebol.

- Vou falar com toda a sinceridade: não é por aquilo que vocês perguntam, da possibilidade de sair, mas dá uma tranquilidade porque o resultado do trabalho veio. Se a gente jogar assim, competitivo, organizado, e com a condição técnica que tem, estaremos perto das vitórias - analisou.

De acordo com Marcelo, o time trabalhou em cima do que deu errado no empate por 0 a 0 com o Santos, no último sábado: cruzamentos, contra-ataque e saída de bola. Não por acaso, o primeiro gol em Piracicaba saiu de um escanteio e o segundo de um ótimo contra-ataque pela direita.

- Nós trabalhamos sempre. Às vezes programamos a semana de acordo com a dificuldade do jogo anterior. Uma situação foram os cruzamentos, a outra melhor capricho no contra-ataque e saída de bola. Melhoramos um pouco de cada coisa. O espírito foi muito bom, não existe jogo fácil. Conseguimos encaixar mais as jogadas de gol. Foi um jogo mais constante, não o ideal ainda, mas melhoramos muito - disse ele, antes de definir como a atuação "mais equilibrada do ano".

- Foi talvez o jogo mais regular. Fizemos alguns primeiros tempos bons e depois caiu. Outros que não foram tão bons e depois melhorou. Futebol tem 90 minutos, tem que jogar bem regular, proteger o resultado. Isso foi cobrado no intervalo, eles estavam adiantando a defesa. Era proteger um pouco, enfiar uma bola. Isso aconteceu no segundo gol. Temos quatro jogos agora no nosso campo e a gente sabe que a torcida que veio aqui vai estar lotando lá, esperamos fazer bons jogos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos