Maradona chama novo presidente da Fifa de traidor

Maradona não fica longe de uma polêmica. Se o assunto em questão é algum inimigo ou desafeto é certeza que virá uma frase polêmica. Nesta sexta-feira, não foi diferente. Questionado sobre o que pensava a respeito do ítalo-suíço Gianni Infantino, ex-secretário-geral da Uefa, como novo presidente da Fifa, o astro argentino não teve papas na lingua para falar sobre o tema:

- Infantino é um traidor total. Porque, tendo o chefe "nas cordas", seguiu trabalhando como se fosse nada - declarou à Agencia Nacional de Noticias de Argentina Télam, fazendo alusão a Michel Platini, de quem o dirigente era braço direito.

Maradona ainda falou em prisão perpétua para todos os corruptos envolvidos no escândalo que estourou no ano passado, e que culminou na renúncia do então presidente Joseph Blatter.

Vale lembrar ainda que o craque argentino é um antigo opositor da Fifa. Ele declarou simpatia aos candidatos Príncipe Ali e no sheik Salman Ibrahim Al-Khalifa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos