Tite não vê sorte em gols no fim e cobra melhora nas finalizações

O Corinthians marcou nos últimos minutos da partida pela quarta vez seguida. Na noite deste sábado, pelo Campeonato Paulista, o Timão venceu o Oeste com gol de Rodriguinho aos 46 do segundo tempo. Após o duelo, o técnico Tite não creditou as vitórias sofridas à sorte e cobrou melhora nas finalizações.

- É difícil quantificar o ponto em que estamos, porque é uma equipe em formação, com um espaço de crescimento e entrosamento. O quanto ela vai crescer e vai passar pelas adversidades, vamos ver. Nos quatro jogos que fizemos, vencemos dois e empatamos dois no final do jogo. Em termos emocionais não é legal, mas mostra um outro lado, mentalmente muito forte e focado. Quando você constrói e troca quase 600 passes, aí vem um erro de início de temporada: de17 finalizações, acertamos quatro contra o Oeste e só duas contra o São Bento. É um índice muito baixo. Não é por sorte. Ela tem construído os resultados ao longo do jogo - afirmou Tite.

Após o duelo pelo Paulistão, o Corinthians volta as atenções para o Santa Fé (COL), adversário desta quarta-feira, pela Libertadores da América. O técnico Tite elogiou o desempenho do Timão e acredita que o jogo com o Oeste foi um bom teste para a equipe se preparar para a partida diante do time colombiano.

- Se está abaixo ou não do que eu esperava, para mim está um pouquinho acima. Mentalmente foi um bom teste, traz um nível de concentração muito alto para quarta-feira - disse.

Com a vitória sobre o Oeste, o Corinthians chegou a 17 pontos no Campeonato Paulista e está na liderança do Grupo D. Já na Libertadores, o Timão venceu a estreia por 1 a 0 sobre o Cobresal (CHI) e agora tem o segundo duelo pela competição sul-americana nesta quarta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos