Botafogo e mais quatro clubes são liberados pelo TJD-RJ para o Carioca

O otimismo do Botafogo se fez justo. O time vai poder continuar no Campeonato Carioca depois que o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD-RJ) concedeu um prazo maior para os clubes obterem as Certidões Negativas de Débito (CNDs). Esses documentos se tornaram pré-requisitos para qualquer competição no país desde que a MP do Futebol foi sancionada, em agosto do ano passado.

Além do Botafogo, América, Bangu, Bonsucesso e Cabofriense também estavam na expectativa. Os cinco clubes vão ter pelo menos mais seis meses. Isto porque a MP 695/2015, que estende tempo de adesão ao Profut e para implantação das contrapartidas nos torneio, ainda vai ser votada no Senado (até 13 de março). Se a alteração da lei for aprovada, o prazo passa a ser agosto. Do contrário, a documentação para competir no Carioca só será cobrada em 2017.

Os cinco auditores presentes concordaram na decisão: Dr. José Teixeira Fernandes, presidente do tribunal, Dr. Dílson Neves Chagas, relator do processo, Dr. Jonei Garcia Alvim, Dr. Vagner Lima Gabriel e Dr. Antônio Ricardo Correa da Silva. André Valentim, Procurador do TJD-RJ, também se manifestou favorável à prorrogação do prazo e solicitou que uma decisão abrangente fosse tomada contra muitas liminares.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos