Campeonato de imobiliárias? Veja as empresas por trás dos times da China

O Campeonato Chinês é de clubes futebol, mas praticamente dá para dizer que é um torneio de times comandados por empresas imobiliárias poderosas. Das 16 equipes da Super League, nove são controladas por companhias deste ramo. Todas elas com muito dinheiro. Isso sem falar nos outros participantes, todos com alguma corporação forte por trás, incluindo estatais, firmas de energia elétrica, automóvel, tecnologia, e até a operadora de jogos online que tem o World of Warcraft.

Muitos dos clubes comandados por imobiliárias inclusive são rivais. Em campo e nos escritórios. Guangzhou Evergrande, time de Paulinho, Ricardo Goulart, Jackson Martínez e Luiz Felipe Scolari, é da Evergrande Group, segunda maior companhia do ramo no país. O Guangzhou R&F é a empresa do mesmo ramo que leva o nome do time.

O mesmo acontece com o Hebei China Fortuna, imobiliária do bilionário Wang Wenxue, e o Shijiazhuang Ever Bright, que é comandado pelo Hebei Ever Bright Real Estate Development, que também atua neste ramo na mesma região. O Hangzhou Greentown é do também magnata Song Weiping, que fez fortuna também com esta atividade através da Greentown China Holdings, a maior de Zhejiang. O Henan Jianye é outro com uma corporação do setor.

Outros três clubes têm imobiliárias por trás, mas que também atuam em outros setores. O Changchun Yatai é do Yatai Group, um conglomerado que também produz cimento, carvão, produtos farmacêuticos e outros itens. O Liaoning Whowin tem a universidade Liaoning Sport Technology College por trás, além do Huludao Hongyun Group, que faz parte do conglomerado e da imobiliária com o mesmo nome.

Já o Shanghai Shenhua pertence parte ao Greenland Group, que é a maior corporação imobiliária da China, e ao empresário Zhu Jun, dono da The9, operadora de jogos online que tem o World of Warcraft em seus domínios.

Fora isso, outros clubes estão com empresas de ramos variados. O Beijing Guoan, time de Ralf e Renato Augusto, é do CITIC Group Corporation, empresa estatal que atua em bancos, seguradores e outros setores. O Chongqing Lifan é do Lifan Group, montadora de automóveis e motocicletas. O Jiangsu Suning, de Ramires, Alex Teixeira e Jô, é do Suning Commerce Group, uma das maiores redes varejistas da China, que tem como forte produtos eletrônicos e eletrodomésticos. São mais de 1600 lojas em 700 cidades.

O Shandong Luneng é poderoso demais. O time de Gil, Jucilei, Diego Tardelli, Montillo, Aloísio e Mano Menezes é do Luneng Group, que pertence ao State Grid Corporation of China. "Só" a maior companhia de energia elétrica da China e considerada em 2011 pela Fortune Global a sétima maior empresa do mundo. O Shanghai SIPG, é da empresa que atende pela sigla que está no nome: Shanghai International Port Group. É Operadora exclusiva dos terminais portuárias de Xangai.

O Tianjin Teda é da companhia que tem o mesmo nome do clube. É um conglomerado estatal que atua com roupa, produtos ecológicos, transporte, remédios e produtos de nutrição. Para finalizar, o Yanbian Fude, da Fude Holdings, uma companhia de seguros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos