Thiago Martins deixa drama para trás para estrear em Libertadores

  • Divulgação

A presença de Thiago Martins entre os titulares foi a maior novidade do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Rosario Central (ARG), nesta quinta-feira, pela Libertadores. Ironicamente, foi uma lesão no joelho de Roger Carvalho que abriu espaço para o jovem de 20 anos fazer o jogo mais importante de sua carreira, consolidando sua volta por cima justamente após uma lesão no... Joelho.

"A gente fez os amistosos lá no Uruguai, mas em Libertadores foi minha primeira vez. Estava meio previsto, mas o Marcelo não tinha decidido ainda. Na quarta nós treinamos, o Roger estava sentindo, mas ia tentar jogar. Na preleção, o Marcelo falou: "Thiago, você vai jogar". Nessa hora vêm mil coisas na cabeça, você fica feliz para caramba. Mas a ansiedade e o nervosismo vêm junto. Graças a Deus deu tudo certo", disse Thiago Martins, nesta sexta.

Ele rompeu o ligamento cruzado do joelho direito em janeiro de 2014, em uma partida do Palmeiras pela Copa São Paulo Júnior. Passou seis meses em recuperação, mas lesionou o mesmo joelho antes mesmo de ser liberado para jogar. Ao todo, passou um ano sem jogar futebol.

"No dia em que fiquei sabendo da segunda lesão, peguei o telefone e fui ligar para meu pai, para minha namorada. Foi um aprendizado muito grande, fui tirando forças de onde não tinha. Eu sabia que eu tinha que voltar a jogar, mas não foi fácil. Meus empresários me ajudaram, minha família, minha namorada. Todos deixaram tudo e vieram para São Paulo para me ajudar. Eu morava sozinho, não podia dirigir. O Palmeiras me deu um respaldo muito grande, o departamento médico foi sensacional. Fico feliz porque, quando soube que poderia jogar, liguei para eles para contar, em um momento igual àquele em que estava chorando", contou.

Liberado para jogar no início de 2015, Thiago Martins disputou um amistoso pelo Palmeiras e logo foi emprestado ao Paysandu. De volta nesta temporada, começou o ano atrás de Vitor Hugo, Edu Dracena, Leandro Almeida e Roger Carvalho na preferência do treinador, mas foi titular no jogo mais importante do ano até aqui.

A lesão de Roger Carvalho não é grave, tanto que Marcelo Oliveira disse que pretende contar com ele no jogo deste domingo, contra o Capivariano, pelo Paulistão, no Allianz Parque. A tendência, porém, é de que Thiago seja titular mais uma vez, a terceira no ano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos