Uefa define substituto de Infantino e anuncia uso de tecnologia da linha do gol na final da Liga dos Campeões

A Uefa já tem novo secretário-geral. O grego Theodore Theodoridis assumiu nesta sexta-feira o lugar ocupado por Gianni Infantino, que foi eleito presidente da Fifa no dia 26 de fevereiro. Falta, agora, definir quem será o mandatário da entidade que comanda o futebol europeu na vaga de Michel Platini, que foi banido do esporte por seis anos.

Além de definir o sucessor de Infantino, a reunião na Uefa serviu para anunciar que a entidade vai utilizar a tecnologia da linha do gol nas finais da Liga dos Campeões (dia 28 de maio, em Milão) e da Liga Europa (18 de maio) deste ano. A Eurocopa também vai utilizar a 'inovação'.

A tecnologia já é adotada desde 2012 pela Fifa e foi usada na Copa do Mundo de 2014. Campeonatos como o Inglês, Francês, Italiano e Alemão já adotam.

O porta-voz da Uefa, Pedro Pinto, disse ainda que a entidade vai votar no dia 3 de maio se Kosovo será aceito como o 55º membro. A ideia é reprovada pela Sérvia, que tenta evitar isso desde que o país se tornou independente, em 2008.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos