Manchester City atropela o lanterna Aston Villa e encosta no Arsenal

O Manchester City entrou em campo neste sábado em casa contra o lanterna, e só um desastre faria o time tropeçar contra o Aston Villa. No primeiro tempo, até teve algumas dificuldades. Mas na etapa final o time brilhou, chegou a perder um pênalti, mas venceu o time de Birmingham por 4 a 0, com dois do argentino, um de Touré e outro de Sterling. No mesmo horário, o West Ham conseguiu uma vitória história sobre o Everton por 3 a 2, depois de estar perdendo por 2 a 0.

Com estes resultados, o Manchester City permanece na quarta posição, mas encosta no Arsenal. Os Citizens têm 50 pontos, apenas dois a menos que o Arsenal, que empatou com o Tottenham neste sábado. O West Ham vem logo atrás, tem 49 e está na quinta posição, vencendo do Manchester United nos critérios de desempate. Mas os Red Devils ainda jogam na rodada. Visitam o West Bromwich no domingo.

O City esteve melhor no jogo, criou boas oportunidades desde o começo da partida no Etihad Stadium, principalmente com Agüero, mas sentia muitas dificuldades em balançar a rede. Acabou indo para o intervalo no 0 a 0. Porém, ao voltar para o segundo tempo, o time veio decidido a resolver a parada. E não demorou para abrir o placar. Boa jogada pela direita, Agüero foi à linha de fundo, tocou para trás buscando David Silva, o espanhol viu Yaya Touré na área, tocou, e o marfinense guardou.

E abriu a porteira de vez. Logo na sequência, Agüero recebeu na frente, a defesa tentou cortar, mas a bola rebateu no argentino e entrou. Um pouco mais tarde, mais um dele. Linda tabela com David Silva, Kun recebeu e chutou bonito.

Pouco depois entrou o meia Sterling, que estava no banco, e logo deixou o dele, após passe de Jesús Navas. Nessa altura, o jogo estava mais do que decidido. Mas ainda teve tempo para Agüero desperdiçar um pênalti.

Em Liverpool, o Everton quase conseguiu uma boa vitória contra o West Ham em casa. Mas os Toffees jogaram praticamente uma hora com um a menos, cedeu a virada e perdeu por 3 a 2. Logo aos 13 minutos, Lukaku abriu o placar, e parecia que ia ficar difícil para os Toffees aos 34, quando Mirallas foi expulso.

No segundo tempo, Lennon marcou mais um e deixou a situação mais tranquila, mesmo com o pênalti desperdiçado por Lukaku. Mas não foi tão suave assim. Na reta final, Antonio diminuiu, e os Hammers voltaram ao jogo. E tinham um a mais. Acabou vindo o empate com Sakho, e a virada com Payet.

No País de Gales, o islandês Sigurdsson marcou o único gol da vitória do Swansea sobre o Norwich.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos