Com Levir de olho, Magnata salva o Flu de novo e elimina o América

Levir Culpi não deve ter gostado muito do que viu neste domingo. Mas, pelo menos, a classificação do Fluminense foi garantida para a segunda fase do Campeonato Carioca. E graças ao veterano Magno Alves.

O atacante de 40 anos, que havia marcado o gol da vitória sobre o Friburguense, na quinta-feira, por 2 a 1, voltou a ser decisivo. Entrou no intervalo e, com um belo gol, aos 20 minutos, garantiu mais um triunfo tricolor, desta vez sobre o América, por 1 a 0, no Estádio De Los Larios, em Xerém.

Mas a atuação do Flu não encheu os olhos. O novo técnico tricolor deverá começar o seu trabalho pela defesa, um setor que ainda não se encaixou na temporada. Foram 11 gols sofridos em oito jogos pelo Estadual, disparado o pior número entre os grandes. Henrique, que chegou como solução, ainda está devendo. Contra o arrumado time do América, levou cartão amarelo logo aos 15 minutos do primeiro tempo. Diego Cavalieri precisou praticar um dos seus milagres para evitar o gol americano aos 22, após conclusão do argentino Sosa já dentro da área. E não dá para falar em falta de proteção, já que os volantes Pierre e Edson, bem mais marcadores do que habilidosos, foram escalados.

O Fluminense passou a ter o domínio das ações após o susto. Na melhor oportunidade da primeira etapa, Felipe fez uma defesa digna de prêmio. Após a bola tocar no travessão na disputa entre Fabio Braz e Diego Souza, o camisa 10 do Tricolor pegou o rebote e, à queima-roupa, cabeceou para a excelente intervenção do goleiro do América. Pode colocar logo na abertura do DVD, Felipe!

No segundo tempo, o América tinha outra preocupação: os resultados dos rivais na briga pela classificação. O Volta Redonda vencia e o Madureira empatava, resultados que mantinham o Diabo no G4. E a situação por pouco não melhorou aos sete minutos, quando PH acertou a trave após chute de longa distância. Mas o sonho se transformou em pesadelo aos 20, após o gol do Magnata. Daí em diante, o Flu conseguiu controlar as ações, quase não dando chances ao América. E o torcedor rubro ainda torcia por Resende ou Cabofriense. Em vão. Já o Tricolor segue em frente, precisando muito de Levir Culpi para se encontrar.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 X 0 AMÉRICA

?Local: Los Larios, em Duque de Caxias (RJ)

Data/Hora: 6/3/2016, às 16h00

Árbitro: João Batista de Arruda

Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Luiz Antônio Muniz de Oliveira

Cartões amarelos: Pierre, Edson, Diego Cavalieri, Jonathan e Henrique (FLU); Darlan, Ramon e Gabriel Vasconcelos (AME)

Renda/Público: -

Gols: Magno Alves (19'/2ºT)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Henrique, Marlon e Giovanni (Jonathan - Intervalo); Pierre (Magno Alves - Intervalo), Edson e Cícero; Gustavo Scarpa, Marcos Júnior (Osvaldo - 21'/2ºT) e Diego Souza - Técnico: Marcão

AMÉRICA: Felipe, Erick (Wander - 34'/2ºT), Fábio Braz, Marcão e Marlon; Muniz, PH, Darlan (Renato - Intervalo) e Matías Sosa (Ramon - 31'/2ºT); Leandro Aguiar e Gabriel Vasconcelos - Técnico: Ricardo Cruz

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos