Ernando defende William e lembra que Grêmio também deu entradas violentas

Um dos jogadores mais experientes do Internacional, Ernando saiu em defesa do lateral-direito William. Para o zagueiro, o lance que gerou a lesão de Miller Bolaños, que fraturou o maxilar e ficará fora dos gramados por até 30 dias, não teve maldade por parte do jovem jogador do Colorado.

- No meu modo de ver, foi um lance forte, mas sem nenhuma maldade do William. Ficamos chateados, é um colega de profissão que vai ficar algum tempo parado. A gente torce para que ele tenha uma boa recuperação - afirmou Ernando ao "SporTV".

O Gre-Nal 409, disputado na Arena, teve mais lances violentos do que jogadas de efeito, resultando em poucas chances de gols para os rivais, que empataram em 0 a 0. Ernando ressaltou que as entradas duras não foram uma exclusividade dos jogadores do Internacional.

- O caso do William repercutiu muito, mas o Rodrigo Dourado também recebeu uma entrada violenta (do volante Maicon). Também teve o carrinho do Henrique (Almeida) no Paulão. Se um zagueiro der um carrinho por trás no atacante, com certeza ele é expulso. O Henrique só levou o amarelo e o Paulão acabou expulso - comentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos