Após eliminação, Hulk admite que pode estar de saída do Zenit

O brasileiro Hulk marcou na partida entre Zenit e Benfica nesta quarta-feira (09), pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, mas não levou a vaga, já que os portugueses venceram por 2 a 1 em São Petersburgo. E a eliminação da equipe pode ser o início do adeus do atacante. Sondado por clubes chineses no início deste ano, ele admitiu que recebeu propostas, sem citar o país asiático, e falou em tom de despedida.

"Tento me focar para dar sempre o meu melhor. Tive algumas propostas com um valor muito alto. Infelizmente ou felizmente não saí agora, mas no final da temporada poderei sair, quem sabe", disse Hulk, lembrando, no entanto, que não deve forçar uma saída do clube russo:

"Serei sempre grato ao Zenit pelo valor que investiu em mim. Se tiver que ficar, ficarei feliz, contente a defender as cores do Zenit", declarou o atacante.

Em relação ao jogo, Hulk lamentou o vacilo do time após fazer o gol. Para ele, o Zenit deveria ter ido melhor após sair na frente, já no segundo tempo.

"Deveríamos ter aproveitado melhor a vantagem. Nestes jogos de mata-mata não se pode facilitar. Podíamos ter marcado 2 ou 3 gols, não fizemos. Depois sofremos o gol, que desequilibrou todos. Pagamos caro", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos