Polícia do Paraguai detém torcedores do Corinthians por porte de drogas

Dois torcedores do Corinthians foram detidos por porte de drogas no distrito de Caacupé, no Paraguai. A dupla estava dentro de um ônibus ao lado de cerca de 70 outras pessoas e foi descoberta com um papelote de maconha e pinos com um pó branco que supostamente é cocaína. Os torcedores estavam a caminho do estádio Defensores del Chaco, em Assunção, onde ocorrerá a partida entre o Timão e o Cerro Porteño, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Durante o trajeto, os veículos foram parados para revista e drogas e bebidas alcoólicas foram apreendidas.

Segundo o jornal paraguaio "ABC", os dois torcedores detidos são Gabriel Víctor Dos Santos e Daniel Enrique Azevedo Oliveira. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Caacupé e agora aguardam determinação do Ministério Público a respeito de sua situação no país. Juan Riveros, chefe de ordem e segurança no departamento policial de Cordillera disse que todos os ônibus de torcedores do Corinthians serão revistados, e até o momento da apreensão das drogas oito já haviam entrado no país, além de mais de uma dezena de carros particulares.

Riveros ainda avisou à imprensa local que será proibido entrar no estádio com drogas, bebidas ou fogos de artifício, e ainda haverá revistas na entrada do Defensores del Chaco, além da área da fronteira e da rodovia que leva ao estádio.

- Não enfrentamos resistência porque é uma verificação rotineira antes de jogos de futebol. Contamos com seis caminhonetes e cerca de 50 policiais, mais o Rocco (cão farejador), que foi quem detectou a droga - disse Albert Ruíz Díaz, chefe de polícia de Cordillera, à Rádio San Pedro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos