Atleticanos avaliam empate em jogo corrido no clássico contra o América

Mais uma vez, América e Atlético fizeram um jogo bastante corrido e movimentado. Depois de empatarem por 1 a 1 na Copa da Primeira Liga, os times de Belo Horizonte se enfrentaram mais uma vez, agora pelo estadual, e repetiram o placar. O Coelho saiu na frente com Victor Rangel, e o Galo empatou com o estreante Clayton, de pênalti. No final da partida, os atleticanos analisaram o ponto alcançado contra o rival.

- Fico feliz pelos elogios. Foi um jogo muito intenso, muita correria. Estão todos de parabéns pela entrega e dedicação que tivemos. Estamos preparados para todos os momentos. A oportunidade não avisa, ela simplesmente aparece. E graças a Deus eu estou aproveitando essa - comentou o zagueiro das categorias de base, Gabriel, que aproveitou a escalação reserva de Diego Aguirre, poupando seus titulares para a Libertadores, e fez sua estreia no time profissional.

Outro garoto que também recebeu sua oportunidade foi o atacante Pablo. Desta vez, o atacante começou o jogo no banco, mas foi promovido ao campo de jogo nos últimos 30 minutos e considerou o empate justo.

- Em clássico, ninguém quer perder e foi mesmo um jogo muito corrido, com os dois times se entregando bastante - disse.

Com o resultado, o Atlético dorme na liderança do Campeonato Mineiro, agora com 14 pontos, mas vai perder o topo da tabela no encerramento da rodada. Na terça-feira, Cruzeiro e Uberlândia se enfrentam no Mineirão e qualquer resultado deixará o Galo na segunda colocação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos