Com gol do estreante Clayton, Galo empata clássico e dorme na liderança

Depois de quase duas semanas, os rivais América e Atlético voltaram a se enfrentar, agora em compromisso pelo Campeonato Mineiro. O cenário, porém, foi bem parecido com o confronto da Primeira Liga. Até na igualdade em 1 a 1 no Independência, que deu a liderança momentânea ao clube alvinegro.

De olho no compromisso pela Libertadores, na próxima quarta, Diego Aguirre escalou seus jogadores reservas em campo, e viu o estreante Clayton marcar de pênalti. Sem vencer nos últimos três jogos, o Coelho tropeça mais uma vez e segue pressionado para voltar ao G-4 da tabela.

O jogo

Início movimentado e com boas chances para os dois lados a partir dos dez minutos. O Atlético ficou mais com a bola e se apresentou com mais frequência ao campo de ataque, mas pecou na hora de finalizar e encaixar o último passe. Já o América esbarrava na criação das jogadas, principalmente com Tony e Pablo, e recorria aos chutes de longa distância.

Estreante da tarde, o jovem Clayton mostrou muita tranquilidade na faixa central e esquerda no campo, e não sentiu o peso do primeiro jogo. Contudo, apesar de mais intenso, o Galo não acertou o pé e poucas vezes atingiu a meta de João Ricardo. Em contrapartida, mesmo sem dominar, o América acertou uma bola na trave e foi chegando aos poucos e amadurecendo seu gol. Na jogada inpidual de Victor Rangel, o atacante foi muito feliz no chute de fora da área e colocou a bola no canto direito de Giovanni. Vantagem de 1 a 0 que poderia ser ainda maior para o Coelho, que chegou por outras vezes com mais perigo e por pouco não aumentou o marcador.

O Atlético voltou do intervalo mais disposto a conseguir o empate, apesar da boa postura defensiva do América, que não recuou. O lance capital para a igualdade saiu no pênalti polêmico marcado em cima de Patric. O estreante Clayton precisou aproveitar o rebote para balançar as redes e recolocar o Galo na partida.

Com o momento emocional e técnico ao seu lado, o time alvinegro continuou em cima e construiu boas chances, mas viu o Coelho se recuperar do baque rapidamente e voltar a equilibrar o duelo em pouco tempo. Nos 15 minutos finais, o time americano carimbou a trave pela segunda vez no jogo, com Bruno Sávio, enquanto João Ricardo salvou o Coelho mais uma vez, em lance cara a cara com Patric.

O cenário aberto e emocionante deu esperanças aos torcedores que esperavam vencedor no jogo, mas os três pontos não vieram para nenhuma das equipes e os rivais empatam mais uma vez em 1 a 1 na temporada.

Com o resultado, o América permanece em quinto lugar, com onze pontos. O Atlético dorme na liderança com 14 pontos, mas perderá o topo independente do resultado entre Cruzeiro e Uberlândia, que encerram a rodada na terça.

AMÉRICA-MG x ATLÉTICO-MG

Motivo: 7ª rodada, Campeonato Mineiro 2016

Data/hora: 13/03/2016, às 16h

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Ronei Cândido Alves

Assistentes: Ricardo Júnio de Souza e Magno Arantes Lira

GOLS: Victor Rangel, 33'1ºT (1-0); Clayton, 14'2ºT (1-1)

Cartão amarelo: Ernandes, João Ricardo, Leandro Guerreiro, Arthur, Adalberto (AME); Cazares, Hyuri, Carlos César, Eduardo (CAM)

Cartão vermelho: Não teve.

Público/Renda: Ainda não pulgados.

AMÉRICA: João Ricardo; Pablo, Artur, Adalberto e Bryan; Leandro Guerreiro (Claudinei - 37'2ºT), Ernandes; Tony, Rafael Bastos (Danilo - 43'2ºT); Victor Rangel ( Bruno Sávio - 26'2ºT) Tiago Luis. Técnico: Givanildo Oliveira.

ATLÉTICO: Giovanni, Carlos César, Tiago, Gabriel e Patric; Júnior Urso (Leandro Donizete - 22'2ºT), Eduardo (Lucas Cândido - 34'2ºT); Cazares, Hyuri, Thiago Ribeiro (Pablo - 15'2ºT) e Clayton. Técnico: Diego Aguirre.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos